Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

13 anos de Centro LGBT: “Queremos continuar a crescer”

Comemorou-se este Sábado o  13º aniversário do Centro LGBT, anteriormente designado por Centro Comunitário Gay e Lésbico de Lisboa (CCGLL). O rés-do-chão do prédio situado na rua de S. Lázaro foi cedido em 1997 pela Câmara Municipal à ILGA, gestora do espaço que é igualmente sede de duas outras associações: a rede ex aequo e o Clube Safo, associação que se encontra neste momento a apelar à renovação dos órgãos sociais.

Em dia de comemoração, foram vários aqueles que se dirigiram ao Centro LGBT para inicialmente participarem na assembleia geral da ILGA Portugal, e depois assistirem a uma breve actuação do coro CoLeGas que precedeu o leilão de obras de arte e um lanche de aniversário.

Ana Chhaganlal, coordenadora e responsável pela programação cultural do Centro LGBT, adiantou ao dezanove que são necessárias obras no local, porque “chove literalmente cá dentro”. Por ser um espaço público, "queremos garantir as melhores condições possíveis”, refere a mesma responsável.

Com uma programação diversificada que inclui festas temáticas, aulas de tango abertas a todos os casais, actividades como a recente Feira do Livro e conferências, o espaço “ganhou uma dinâmica diferente nos últimos tempos e começa a tornar-se pequeno para todas as actividades que desenvolvemos”, refere a coordenadora. “Uma das nossas preocupações é evitar que o arquivo [Centro de Documentação Gonçalo Diniz] fique danificado.” E acrescenta que “realizar este leilão em dia de aniversário é dar uma prenda ao Centro, porque garante o sucesso do nosso trabalho. Queremos continuar a crescer”, remata.

Arte por uma causa

O primeiro leilão de obras de arte realizado pela ILGA Portugal contou com doações de mais de uma dúzia de artistas, entre os quais Ana Pérez-Quiroga, Ana Vidigal, Julio Dolbeth e Soraya Vasconcelos.  Foram angariados aproximadamente  7000 euros, que reverterão a favor de obras de beneficiação do espaço.

Em declarações ao dezanove, o presidente da associação ILGA Portugal, Paulo-Côrte Real, manifestou o seu contentamento por este Centro ter dado “saltos qualitativos” nos últimos anos através de uma programação que "está mais próxima de realizar o seu trabalho social e comunitário”.

Já segues o dezanove no Facebook?