Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Portia DeGeneres: “Ellen salvou-me da anorexia”

“Para Ellen, por me mostrar o que beleza é”, é assim que Portia DeGeneres dedica a sua autobiografia à estrela norte-americana. Mas a história de sua homossexualidade, assim como a do relacionamento com Ellen, que começou quando ela já estava em processo de cura da anorexia, ficam em segundo plano no livro da actriz australiana. Anteriormente conhecida como Portia de Rossi,  passou a partilhar oficialmente o nome da esposa em Agosto deste ano, dois anos após o casamento.

No seu livro de memórias, publicado este mês nos Estados Unidos,  “Unbearable Lightness: a Story of Loss and Gain” (“Insustentável Leveza: uma história de perdas e ganhos” - tradução livre), Portia descreve a sua luta com distúrbios alimentares, tendo chegado a ingerir apenas 150 calorias por dia a que se seguiam horas no ginásio. Esta rotina levou a que lhe fosse diagnosticado cirrose, insuficiência renal e lupus. Portia chegou a pesar 37 quilos.

No livro, ainda sem publicação prevista em Portugal, também se pode ler como Portia e Ellen se conheceram num concerto em 2001. “Lembro-me que estava radiante só de estar ao pé da Ellen e só me apetecia correr atrás dela nos bastidores. A Ellen ensinou-me a não me importar com as opiniões dos outros. Por baixo da carne e osso, ela viu o melhor de mim e conseguiu fazer sobressair isso” afirmou Portia.

A ex-estrela de Ally McBeal declarou sentir-se “aterrorizada” com a ideia de se assumir como lésbica depois de ter conhecido a apresentadora: “Ainda tinha um bom caminho para andar antes de ser vista em público com uma mulher, e muito menos com essa mulher.” Ellen DeGeneres foi nomeada pela revista Forbes como uma das 10 mulheres mais poderosas do mundo.

Lúcia Vieira

Já segues o dezanove no Facebook?