Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Vale de Almeida deixa Parlamento

Miguel Vale de Almeida decidiu renunciar ao mandato como deputado à Assembleia da República, lugar para onde tinha sido eleito como independente pelas listas do PS. A renúncia terá efeitos a partir de 2011.

“Não o faço na base de uma ruptura política, de um conflito ou de uma 'gota de água'. Faço-o, sim, por sentir que cumpri uma missão cívica e por vontade de regressar à minha actividade profissional”, refere Vale de Almeida, numa nota publicada hoje no seu blogue.

“Sinto que cumpri um serviço cívico, que posso continuar a intervir de outras formas, e que a política portuguesa precisa de mais pessoas que passem pelo Parlamento assumindo causas e levando para ele outras formas de estar e agir. Graças ao empenhamento do movimento LGBT (em que se destacou a ILGA), de partidos políticos, de muitas pessoas neste país,  de mim próprio, e de José Sócrates e do PS, o nosso país assistiu a um avanço sem precedentes na área da igualdade dos direitos”, continua Vale de Almeida. A igualdade no acesso ao casamento civil e uma lei de identidade de género estão entre as conquistas conseguidas na actual legislatura. “Saio com a sensação de ter cumprido um serviço cívico consonante com as posições tomadas ao longo de anos quer como activista, quer como antropólogo”, remata.

Miguel Oliveira

3 comentários

Comentar