Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Grindr, o TomTom dos gays

É considerado o GPS gay. Chama-se Grindr, está disponível para equipamentos como iPhone, iPod Touch, iPad e Blackberry, e tem conquistado cada vez mais adeptos dos smartphones.

A aplicação funciona como uma rede social centrada na localização física do utilizador. Os perfis existentes - neste momento apenas homens - são ordenados de acordo com a distância a que se encontram em relação ao utilizador, com um grau de exactidão que varia entre os 90 a 100 metros. Tal como noutras redes sociais, o perfil pode ser preenchido com mais ou menos dados, com a finalidade de fomentar a comunicação, neste caso, entre homens homossexuais. Como descreveu o jornal The London Evening Standard, usando o Grindr, “o iPhone permite-lhe localizar um encontro escaldante”.

No reverso das vantagens, caso os perfis disponibilizados não sejam do agrado do utilizador, é possível bloqueá-los, filtrá-los de acordo com a idade e, se necessário, até ocultar a distância para evitar constrangimentos.

Para aceder à aplicação basta aceder ao site www.grindr.com e descarregá-la para o dispositivo móvel. Existe uma versão paga, com mais funcionalidades, mas o essencial está na versão gratuita.

A empresa norte-americana que criou o Grindr promete mais versões para as restantes orientações sexuais.

12 comentários

Comentar