Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Construir uma clínica para todos

É um trabalho que tem de começar do zero. A CASA, uma associação que tem sede no Porto e distinguida com o Prémio dezanove 2010 “Projecto Inovador”, quer construir uma clínica especializada para dar apoio a todos os que precisem, mas preferencialmente a vítimas de violência doméstica e jovens vítimas de abusos sexuais. O Presidente da CASA descreveu ao dezanove que este espaço vai ter quatro áreas principais de intervenção: Medicina, Sexologia, Psicologia e Direito. Manuel Damas explica que a ideia é "centrar no mesmo local todos estes serviços, de forma a não obrigar as pessoas, as vítimas, a exporem-se em vários locais".

Enquanto que as três primeiras áreas servem para ajudar as pessoas que recorrerem ao centro no momento, já o domínio do Direito tem como objectivo dar apoio às situações em que é necessária queixa. A clínica vai ser para todos, "não é exclusivo para mulheres" nem para pessoas homossexuais. Um espaço aberto que vai funcionar com o tempo de quem quiser dar. Para a área da Medicina e Sexologia, Manuel Damas garante que fica com o cargo, já as outras áreas têm vários voluntários à espera. À espera de quê? De tudo.

O centro custa 20 mil euros e está à espera de donativos. A CASA já tem projecto para o local, oferecido pelo gabinete de arquitectura RegrenProject. Agora falta o resto. Para isso, a associação vai lançar várias actividades para arranjar verbas, assim como concorrer a diferentes fundos. A festa do passado Sábado foi o pontapé de saída, teve o patrocínio da Bacardi. A marca ofereceu brindes e todo o dinheiro das bebidas vendidas reverteu para a construção da clínica.

Manuel Damas destaca ainda a semana de 8 de Março, Dia da Mulher. No dia 10 desse mês a CASA vai organizar uma tertúlia, numa "semana dedicada à violência". No fim-de-semana que se segue, "vai ser organizado um curso sobre violência conjugal, gratuito". Nesse tempo, arranca um peditório, tanto na associação, como fora dela. "Vamos para as ruas se for preciso", remata o presidente. Todos podem ajudar, nem que seja com um euro. Basta ir ao site da CASA e retirar o NIB.

DC

1 comentário

Comentar