Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Vocalista dos REM declara ser 80% gay (vídeo)

Michael Stipe o vocalista do grupo REM, conhecidos entre outros êxitos por "Everybody hurts" ou ""The one I love", diz ser 80% gay e “detesta” a palavra bissexual.

Em entrevista ao jornal The Observer o cantor, agora com 51 anos de idade, declarou: “Numa escala de sexualidade considero-me 80-20, mas definitivamente prefiro homens a mulheres. Já tive sexo com mulheres e gostei, até que conheci alguém por quem me apaixonei, e que hoje é o meu namorado [o fotógrafo Thomas Dozol.]”

Na mesma entrevista também se pode ler que durante os anos 80, o cantor vivia aterrado devido ao vírus do HIV e por se sentir deslocado. “Eu não estava confuso, mas simplesmente sentia não fazer parte. Detesto e recuso chamar-me bissexual. Não me parece certo e é só mais um rótulo. Durante muito tempo vivi num conflito sobre como era representado, depois apareceu a epidemia do vírus do HIV, e essa é uma fase que ainda não foi discutida em profundidade pelas pessoas da minha idade. Nesse tempo era muito difícil ser honesto sobre a nossa sexualidade. E também muito assustador para pessoas como eu que não podiam ser testadas anonimamente”

Os REM são considerados um dos grupos mais activos politicamente, defendendo causas ambientais, feministas, direitos humanos e direitos dos animais.

Os REM estão juntos há 30 anos e irão em breve editar o décimo quinto álbum da banda intitulado Collapse Into Now.

 

 

Lúcia Vieira/PM

 

3 comentários

Comentar