Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

rede ex aequo pede esclarecimento sobre artigo homofóbico, mas bastonário da Ordem dos Médicos diz que é “normal”

O bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva, descreveu como “normal” a publicação na Revista da Ordem do artigo de opinião que trata os homossexuais como “anormais”, “defeituosos”, “doentes”, “portadores de taras”, “condutas repugnantes”, “higiene degradante” e que requerem “correcção”. Em declarações à agência Lusa, o médico, que recentemente foi eleito para o cargo, considerou tratar-se de um direito que não pode ser censurado em democracia, pelo que se recusou a dar uma opinião pessoal sobre o tema.

A associação rede ex aequo tinha endereçado esta quarta-feira uma carta aberta à Ordem dos Médicos em que pedia que o bastonário e a direcção da revista se “pronunciem publicamente denunciando as afirmações de William Clode e contrariando qualquer tipo de homo, bi e transfobia”. “O respeito pela liberdade de opinião é uma obrigação de todos numa sociedade livre e democrática, no entanto esta expressão deve também sujeitar-se a regras e as suas consequências devem ser medidas: liberdade de expressão não é liberdade de ofensa e certamente que também não inclui liberdade para deturpar, mentir e falsificar”, referia a mesma associação de jovens.

4 comentários

Comentar