Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Associação das pessoas transexuais quer reunir com Ana Jorge

No início do mês, João Décio Ferreira, o único cirurgião habilitado a realizar intervenções cirúrgicas de Reatribuição Sexual saiu do Sistema Nacional de Saúde, depois de lhe terem proposto continuar a exercer a profissão, pós-idade de reforma, por seis euros. O cirurgião é conhecido por ter desenvolvido técnicas próprias com reconhecimento nacional e internacional.

Em comunicado divulgado hoje, e subscrito por cinco associações e colectivos de defesa dos direitos LGBT e por três médicos (o próprio João Décio Ferreira, Daniel Sampaio e Pedro Freitas), a Associação pela Identidade - Intervenção Transexual e Intersexo (API) manifesta publicamente que pretende reunir com Ana Jorge. Neste encontro será pedido que a Ministra da Saúde encontre uma "solução" para a falta de especialistas em cirurgias de mudança de sexo, com a "qualidade" que existia no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Apesar da “mudança legislativa e progressista” recentemente realizada no nosso país, a API recorda que existem “vários transexuais aguardam pelo início das suas cirurgias, enquanto outros se encontram em fases intermédias do percurso cirúrgico”. A API alerta que “todas estas pessoas desconhecem qual o rumo que os seus processos vão seguir e confia que “as entidades responsáveis tudo farão pela defesa dos direitos humanos das pessoas transexuais.”