Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Que cuidados devo ter numa sauna?

Entre os prazeres mais ou menos privados de alguns gays encontram-se as saunas. Locais onde com privacidade quase absoluta se consegue ter... descanso.

Não pretendo neste artigo falar acerca da qualidade das saunas... de forma alguma. No entanto, alguns cuidados são importantes. Não está implícito neste artigo qualquer tipo de preconceito ou avaliação das saunas.

Tendo em conta que são locais húmidos, quentes, frequentados por muitas pessoas e onde há alguma facilidade de estar em contacto com fluidos corporais, os meus conselhos são:

- Não frequente saunas se tiver alguma doença em período de contágio. Por exemplo pé de atleta, afecções da pele, feridas ou outras a supurarem (deitar líquido). Não só não ajuda a cicatrizar ou tratar as suas feridas, como pode estar a contagiar mais pessoas.

- Não utilize os chinelos da sauna se estiverem molhados. Não se trata de não estarem lavados, mas um chinelo molhado mais facilmente transmite micoses ou outras doenças.

- Antes de colocar a toalha à volta da cintura ou secar alguma parte do corpo, inspeccione a toalha. Embora lavadas, pode eventualmente ter escapado algo quando a estavam a dobrar.

- Atenção ao tomar banho. Se costuma fazer reacções alérgicas evite usar o gel de banho das saunas. Não se trata da sua qualidade, mas do facto de poder ser de uma marca que desconhece.

- Evite secar-se a uma toalha que não seja a sua. Por razões mais que óbvias.

- Troque de toalha quando esta estiver muito molhada. Mais facilmente uma toalha molhada permanece com microrganismos e os transmite. A si ou aos outros.

- Quando se sentar no banho turco, evite o contacto da pele com o mármore. É um ambiente ainda mais húmido e mais propício à transmissão micoses por exemplo.

- Não urine dentro do jacuzzi. Pode parecer óbvio, mas reforço a ideia. Não só é falta de higiene como ao urinar a uretra abre-se. Embora esteja a sair líquido há sempre possibilidade de entrada de microrganismos.

- Não ejacule dentro do jacuzzi. Pelas mesmas razões que não deve urinar.

- Quando numa cabine, olhe. Para o chão antes de se deitar ou colocar a toalha. Para as paredes antes de se encostar nelas. Para ver se tem papel para se limpar. Para evitar surpresas desagradáveis.

- Prefira o gel descartável que está à disposição na sauna. Embora à base de água, o gel pode transmitir ou servir de veículo de microrganismos. Use e deite fora o resto.

 

A sauna pretende ser um espaço onde se passa um tempo agradável. Este artigo pretende que seja mais agradável e mais seguro. Uma vez interiorizados estes cuidados, desfrute.

 

Até para a semana, tenham bom sexo e ainda mais cuidado!

Sempre vosso, Enfº Carlos Camisão