Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Festa contra homofobia e transfobia em Coimbra termina em violência

No passado Sábado, dia 29, a festa que pretendia servir de mote à divulgação da 2ª Marcha contra a Homofobia e Transfobia em Coimbra terminou em violência. A festa, organizada pela PATH (Plataforma Anti-Transfobia e Homofobia) decorria no bar Noites Longas, perto da Praça da República. Segundo o diário As Beiras, por volta das três horas da manhã o DJ decidiu mudar a selecção musical para música heavy metal. Em jeito de protesto, e após pedido de mudança do tipo de música, que estava a ser anteriormente colocada por uma simpatizante da PATH, os clientes decidiram sentar-se pacificamente no chão e alguns casais começaram a beijar-se.

Em comunicado, a PATH relata que o segurança começou a agarrar as pessoas à força e a expulsá-las sem motivo. Segundo o As Beiras, uma das clientes foi projectada cerca de dez metros e teve de receber tratamento no Instituto de Medicina Legal. Outros clientes pediram o livro de reclamações perante o sucedido. A PSP foi chamada ao local para identificar o porteiro e tomar conta da ocorrência. A PATH informa que irá expor o sucedido às entidades competentes porque defende que "a discriminação não pode ter lugar numa cidade que se quer igualitária, livre e inclusiva".
A Plataforma é composta por oito entidades e tem marcha marcada para 17 de Maio, dia em que se assinala o Dia Mundial de Luta Contra a Homofobia e Transfobia.

3 comentários

Comentar