Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Marcha do Orgulho do Porto já tem cartaz

 

O cartaz da edição de 2011 da Marcha do Orgulho do Porto (MOP) é da autoria do designer Pedro Sequeira. O vencedor do concurso de design promovido pela organização da MOP foi conhecido a semana passada.

A primeira Marcha do Orgulho LGBT que decorreu no Porto remonta a 2006. No rescaldo do assassinato de Gisberta Salce Júnior, importava realçar a questão dos Direitos Humanos, aliás tema da marcha desse ano.

Volvidos seis anos, os objectivos da marcha mantêm-se: sensibilizar a classe política e a sociedade civil para os problemas e dificuldades da comunidade LGBT de modo a despertar a participação cívica e fomentar uma cultura política e social de igualdade a nível cívico e legal.

A edição de 2011 está agendada para Sábado, 9 de Julho, às 16 horas. O percurso é semelhante ao de edições anteriores, iniciando na Praça da República e culminando na Praça D. João I em frente ao Teatro Rivoli. Pelo caminho os manifestantes passarão pelo viaduto Gonçalo Cristóvão e pela rua Sá da Bandeira, entre outras artérias da cidade.

Da organização fazem parte 13 entidades: Bloco de Esquerda, Caleidoscópio LGBT, GIS - Grupo de Intervenção Solidário, Grupo Identidade xy - Sindicato Unificado da Polícia, Juventude Socialista, Panteras Rosa, Partido Humanista, Poly-Portugal, Ponto Bi, PortugalGay.pt, Rede PJIOMH, SOS Racismo e UMAR.

Segundo dados da organização em 2010 participaram cerca de duas mil pessoas.

 

1 comentário

Comentar