Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Beauté e Luís Borges soltam homofobia rosa

Eduardo Beauté e o manequim Luís Borges casaram-se na passada sexta-feira, na Nazaré, numa cerimónia que juntou cerca de 120 convidados numa quinta daquela localidade. A festa despertou a atenção da comunicação social, dado que, além dos próprios noivos, muitos dos convidados eram figuras públicas.

O La Vie en Rose, transmitido pelo Porto Canal no passado sábado, foi o primeiro programa de televisão dedicado aos temas do social a ir para o ar após o casamento de Beauté e de Luís Borges. O programa serviu para os tertulianos criticarem a possibilidade de duas pessoas do mesmo sexo poderem casar-se em Portugal. "Não é esta a educação que eu tenho", justificou Tozé Santos. O ex-concorrente do Big Brother 3 além de se mostrar "contra" o casamento, argumentou que "se me lembrar de uma coisa estapafúrdia, a lei vai ter de permitir". Também o convidado Pedro Martim sustentou que era contra o casamento e "mesmo, mesmo contra" a possibilidade de um casal do mesmo sexo poder adoptar uma criança. A própria apresentadora do La Vie en Rose, Sandra Sá, chegou a comentar que no casamento de Beauté e de Luís Borges "não há ninguém vestido de noiva".

A defesa da lei do casamento de pessoas do mesmo sexo, esteve apenas a cargo de Joana Ramirez. Além de se mostrar favorável à lei do casamento, a participante referiu, a propósito da adopção, que o "legislador irá entrar em contradição se não a permitir". Ao longo do programa foram comentados outros casos da "vida social" portuguesa. Os tertulianos brindaram os espectadores com outras pérolas. Tozé Santos revelou, por exemplo, "não me meto em sites" de relacionamentos "porque tenho medo da sida". Pedro Martim, que diz "milmilionário" (sic), foi autor da frase do programa: "Como eu costumo dizer, o grande problema de Portugal é que tem muitos portugueses."

 

Na foto: Tozé Santos e Pedro Martim

 

Miguel Oliveira

 

7 comentários

Comentar