Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Banda Desenhada de ficção científica gay com personagem lusa

Em Novembro de 2010 começou a ser publicada on-line uma B.D. de temática LGBT/ficção científica, exclusivamente no site www.doorq.com, que se dedica a notícias relacionadas com tecnologia/ficção científica de temática LGBT. Chama-se Junkyard Angels e até agora saíram alguns fascículos online. Ainda não se sabe para aonde a história caminha: começou com o suicídio de Bobby, o namorado de Jason, o herói da história, e de momento este mundo tem estado repleto de perseguições a Jason e Janey por parte dos seus pais e outros, que se revelaram ser cyborgs…

Os criadores, P.K. Eiselt, Zach Enea e Andrew Whelan, respectivamente o escritor, desenhador e colorista, cederam uma entrevista ao dezanove, acerca desta B.D. produzida nos seus tempos livres.

Campos de re-educação para rapazes com “comportamento efeminado” na Malásia alvo de protesto

As autoridades da Malásia admitiram no mês passado o envio de 66 rapazes com idades compreendidas entre os 13 e os 17 anos para campos de re-educação para aprenderem sobre “comportamento masculino”. Os jovens foram identificados pelos professores das escolas que frequentam por demonstrarem maneirismos efeminados e serão enviados para um curso de “desenvolvimento pessoal” com o fim de os dissuadir de ser gay ou transgénero.  As autoridades do estado de Terengganu insistem que os adolescentes foram convidados e não forçados a ir para estes campos.

Três piqueniques para famílias LGBT agendados (e o Verão ainda não chegou)

Começa hoje no Porto o primeiro de três piqueniques dirigidos a famílias LGBT e simpatizantes. A iniciativa de dois piqueniques partiu da AMPLOS - Associação de Mães e Pais pela Liberdade de Orientação Sexual e outro piquenique é organizado pelo grupo das Famílias Arco-Íris, da associação ILGA Portugal.

Brasil dá passo histórico e reconhece uniões

A comunidade LGBT brasileira está a comemorar a aprovação da união estável entre casais de pessoas do mesmo sexo pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O STF brasileiro aprovou ontem por unanimidade a união estável entre casais homossexuais, conferindo-lhes assim os mesmos direitos dos casais heterossexuais. A Agência Brasil referiu que Carlos Ayres Britto, relator da acção que resultou na equiparação dos direitos ao dos casais homossexuais com os casais heterossexuais, disse que partir de agora "todos os direitos dos heterossexuais valem para os homossexuais. A equiparação é completa". O último recenseamento brasileiro indica que existem mais de 60 mil casais de pessoas do mesmo sexo que vivem juntos.

 

 

Governo sul-africano vai combater “violações correctivas”

O Governo sul africano anunciou a criação de um grupo especial para combater crimes de ódio contra a comunidade LGBT. O anúncio foi feito hoje pelo porta-voz do governo Tlali Tlali, uma semana após  o assassinato e violação de Noxolo Nogwaza, lésbica e activista pelos direitos LGBT. 

 

 

Activista LGBT do Uganda ganha prémio de Direitos Humanos

Kasha Jacqueline Nabagesera, fundadora da organização Freedom and Roam Uganda e activista pelos direitos LGBT no seu país natal, foi galardoada com o Prémio Martin Ennals para Defensores dos Direitos Humanos pela sua “rara coragem” num país que pune severamente a homossexualidade. Os Prémios Martin Ennals foram criados em 1993 em honra do activista pelos direitos humanos britânico com o mesmo nome, que foi o Secretário-geral da Amnistia Internacional entre 1968 e 1980. Ennals faleceu em 1991.

Festa contra homofobia e transfobia em Coimbra termina em violência

No passado Sábado, dia 29, a festa que pretendia servir de mote à divulgação da 2ª Marcha contra a Homofobia e Transfobia em Coimbra terminou em violência. A festa, organizada pela PATH (Plataforma Anti-Transfobia e Homofobia) decorria no bar Noites Longas, perto da Praça da República. Segundo o diário As Beiras, por volta das três horas da manhã o DJ decidiu mudar a selecção musical para música heavy metal. Em jeito de protesto, e após pedido de mudança do tipo de música, que estava a ser anteriormente colocada por uma simpatizante da PATH, os clientes decidiram sentar-se pacificamente no chão e alguns casais começaram a beijar-se.

Marcha do Orgulho de Lisboa já tem logótipo (actualizada)

A Marcha do Orgulho LGBT de Lisboa realiza-se a 18 de Junho e vai ter início no Jardim do Príncipe Real pelas 17h. A edição deste ano conta com 21 organizações de defesa dos direitos humanos.

A comissão organizadora da Marcha do orgulho LGBT de Lisboa submeteu a concurso o logótipo do evento para este e futuros anos. O vencedor do concurso foi o designer Alexandre Adaime. 

 

Pág. 4/4