Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Hugo Soares: Apoia jovens LGBT mas vota contra co-adopção e adopção

Hugo Soares, deputado do PSD eleito por Braga, votou contra as proposta de co-adopção e de adopção que estiveram ontem em discussão no Parlamento. Apesar do sentido de voto, o líder da JSD foi recentemente protagonista de um vídeo da campanha Tudo Vai Melhorar, que está a ser promovida pela associação LGBT do Porto CASA. "Vale a pena acreditar que tudo vai ser diferente. Vale a pena ter esperança", dizia então o deputado, mostrando a sua solidariedade com as vítimas de bullying homofóbico.

O vídeo das Nações Unidas para este 17 de Maio

 

Um vídeo simples, mas com uma mensagem forte. Foi desta forma que o Escritório dos Direitos Humanos das Nações Unidas decidiu marcar o dia 17 de Maio, oferecendo uma visão global sobre os direitos da comunidade LGBT.

Co-adopção passa. Deputados do PSD, PS e CDS chumbam adopção (com vídeos)

A adopção de crianças por parte de casais do mesmo sexo voltou a ser chumbada no Parlamento esta sexta-feira, com votos contra de deputados do PSD, PS e CDS. As propostas do Bloco de Esquerda e de Os Verdes pretendiam alargar a possibilidade de adopção. Já a proposta de co-adopção conseguiu passar. Desta forma, passa a ser possível estender ao outro elemento do casal ou da união de facto o vínculo de parentalidade que o outro cônjuge já tem em relação à criança.

 

Justiça brasileira decide: Casamento entre pessoas do mesmo sexo entra em vigor esta semana

Por 14 votos a 1, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou esta terça-feira uma resolução que obriga todos os cartórios do Brasil a celebrar o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. Ao contrário do que ocorreu nos outros países onde este direito está estabelecido, coube à justiça e não ao parlamento aprovar o casamento igualitário.

 

Carta aberta de grupo de advogados contra parecer da adopção de Marinho Pinto

Um grupo de advogados escreveu uma carta aberta ao bastonário da Ordem dos Advogados em que explica que o parecer de Marinho Pinto sobre a adopção “não respeita os princípios enformadores do Direito, carece de fundamentação factual de suporte e ilegitimamente assume uma posição que, certamente, uma parte muito significativa dos Advogados deste país não subscreverá”.

 

“Saiaço”: Um protesto na Universidade de São Paulo contra os estereótipos de género

 

Esta quinta-feira, 16 de Maio, cinco pólos da Universidade de São Paulo (Brasil) vão participar no “saiaço”. Trata-se de um protesto contra a discriminação em que homens vão vestir saias e mulheres usarão roupas de homem. A iniciativa pretende apoiar o estudante Vitor Pereira, que foi ofendido pela internet por ir de saia a uma aula.

Rússia: “Caçadores de gays” violaram e torturaram até à morte um jovem

Na cidade russa de Volgogrado foi encontrado o corpo de um jovem de 23 anos, no dia seguinte aos festejos do Dia da Vitória na Guerra contra o Fascismo. A identidade da vítima foi identificada com dificuldade, uma vez que após a sua morte seu o crânio foi esmagado. Para além disso, os violadores espicaçaram os genitais da vítima. Antes da sua morte, o jovem foi repetidamente violado com garrafas de cerveja.

 

A história de Alan Gendreau, um pioneiro do futebol americano (com vídeo)

 

Alan Gendreau é um jovem atleta que joga futebol americano, numa pequena cidade do estado do Tennessee, nos Estados Unidos e que sonha com uma oportunidade na liga dos grandes (a NFL). A sua ambição acabou por ganhar mediatismo devido à orientação sexual de Gendreau – é gay assumido.

 

Marinho Pinto: “Os casais do mesmo sexo têm muitos direitos, mas não têm, seguramente (nem devem ter), direito a adoptar”

Os projectos de lei do PS e do Bloco de Esquerda sobre a adopção de crianças por parte de casais homossexuais voltam ao Parlamento para serem debatidos a 17 de Maio. Marinho Pinto, Bastonário da Ordem dos Advogados já enviou ao Parlamento um parecer negativo sobre a aprovação destes projectos.

 

O amor tem código postal? (com vídeo)

Imagine o que era viver numa localidade do país cujo código postal começasse por 01. E por causa disso não podia casar com quem ama. No entanto, se habitasse numa localidade cujo  código postal começasse por 2 já se podia casar. Trata-se de um mero exemplo usando o primeiro dígito dos códigos postais de São Paulo e Rio de Janeiro.

 

Thierry, um gay que é actor porno ocasional, prostituto, activista e presidente dos trabalhadores do sexo

São dois dias que cabem em 17 minutos. O documentário de Rodrigo Lacerda retrata "Thierry", um homossexual, actor porno ocasional, prostituto, activista e presidente da delegação dos trabalhadores do sexo do terceiro maior sindicato do Reino Unido.

Rodrigo Lacerda conheceu Thierry durante a realização, em parceria com Rita Alcaire, do documentário Das 9 às 5 que analisa a situação dos trabalhadores do sexo em Portugal segundo uma perspectiva de direitos laborais.

O que fazer a 17 de Maio (de Norte a Sul e Ilhas)

Assinala-se a 17 de Maio o Dia Internacional de Luta contra a Homofobia e Transfobia. Subentende-se ainda na mesma designação o combate a todas as fobias relacionadas com a orientação sexual (bifobia e lesbofobia).

Foi a 17 de Maio de 1990 que a Assembleia Geral da Organização Mundial de Saúde decidiu retirar a homossexualidade da sua lista de doenças mentais. Esta data tornou-se, por essa razão um marco importante na defesa dos direitos LGBT. Um pouco por todo o mundo ocorrem vários eventos cujo objectivo é esclarecer a sociedade em geral e lembrar que estas formas de ódio continuam a matar, a ostracizar e a criar estigmas nesta minoria. Portugal não é excepção. Ao longo do ano chegam às autoridades, aos meios de comunicação social e às associações de defesa dos direitos LGBT relatos de vítimas de homofobia e transfobia. No entanto, um número difícil de quantificar permanece no anonimato.