Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Bruno Horta publica “Uma Década Queer”

Década Queer Bruno Horta 50 entrevistas em portug

Trata-se de uma colectânea imperdível para quem se movimenta nos meandros LGBT e Queer e quer perceber mais do assunto. As 50 entrevistas a figuras incontornáveis foram reunidas num livro que vê hoje, segunda-feira, 7 de Setembro, a luz do dia graças ao jornalista Bruno Horta.

Quando aquela altura do mês não chega

dezanove_carlosgustavomartins.jpg

As mulheres, bem melhor que qualquer homem, sabem a que me refiro. Aquela altura do mês em que as hormonas, pelo bem ou pelo mal, tomam conta delas. Mas... e se essa altura não chegar? O nome dado a essa condição é amenorreia... do grego A(n), negação, não; Men, menstruações; Rhoíā, fluxo. Ausência regular da menstruação.

 

Livro de Conchita Wurst é publicado em Novembro

livro conchita wurst pergaminho.jpg

“Uma história de vida interessantíssima e verdadeiramente inspiradora”: São oito palavras sobre o livro de Conchita Wurst. Foi assim que a responsável pela publicação do livro em Portugal sintetizou a obra que chega a Portugal precisamente daqui a dois meses.

Joana Neves é editora em Portugal do livro autobiográfico de Conchita Wurst. Na noite da actuação da cantora em Lisboa, o dezanove.pt esteve à conversa com a responsável pela publicação que vai mostrar a vida da artista austríaca em livro. “Eu, Conchita” chegará às livrarias a 6 de Novembro com prefácio assinado por Jean Paul Gaultier e edição da Pergaminho.

Debate Eleições Legislativas: A posição dos partidos políticos em relação aos Direitos LGBT

Eleições Legislativas ILGA Portugal Direitos LGB

No contexto das eleições legislativas marcadas para 4 de Outubro, a Associação ILGA Portugal está a organizar um debate com vários partidos políticos que terá como foco principal as suas posições sobre estratégias e práticas de luta contra a discriminação das pessoas LGBT.

Júlia Pereira: "As pessoas trans não estão a ser respeitadas nos serviços de saúde e continuam a ser indevidamente tuteladas pelos profissionais da área"

diario-noticias-20150730-júliacapa (1).jpg

Júlia Pereira, actual dirigente da API – Acção Pela Identidade – ONG de defesa e o estudo da diversidade de género e características sexuais em Portugal e membro da  membro da TGEU – Transgender Europe, organização europeia de defesa dos direitos das pessoas trans, é a primeira mulher transexual a concorrer como deputada a um assento parlamentar no nosso país. Júlia Pereira, de 25 anos, integra as listas do Bloco de Esquerda pelo círculo de Setúbal.

Júlia Pereira tem, nos últimos anos, mostrado o seu trabalho entre a política e o activismo. Na política é militante do Bloco de Esquerda há vários anos e pertence, desde finais de 2014, à Mesa Nacional do partido. No passado mês de Maio a dirigente bloquista interveio numa audição inédita realizada na Assembleia da República sobre a necessidade de alterar as leis que regulamentam os direitos trans. Já no activismo coordenou o GRIT - Grupo de Reflexão e Intervenção sobre Transexualidade e foi a primeira mulher trans na direcção da ILGA Portugal.

Depois de que foi conhecida a sua candidatura às eleições legislativas de 4 de Outubro, Júlia tem-se desdobrado em entrevistas a vários órgãos de comunicação social em Portugal. Fica agora a saber ainda mais nesta entrevista:

 

Queer em Lisboa: Histórias de vida de mulheres queer em Portugal

Magda Moutinho.jpg

Queer em Lisboa. Não confundir com Queer Lisboa, o festival. Aqui a arte é outra. Falamos do projecto artístico de fotografia e testemunhos da autoria de Magda Moutinho e que pretende dar visibilidade às mulheres queer na nossa sociedade. Magda define-se como uma mulher hedonista, mas consciente. Vive em Lisboa, estuda Enfermagem e é fotógrafa e DJ. 

Este livro é para ler na cama e em todo o lado. Sem tabus

Débora Araújo.jpg

Bernardo Mendonça e Maria João Ruela, autores da rubrica “Vamos Falar de Sexo" exibida no Jornal da Noite (SIC) e publicada na revista E do Expresso, vão lançar um livro com 14 histórias reais sobre a vivência diferente da intimidade. 

Pág. 3/3