Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Hillary ou Bernie? Quem apoiou mais os direitos LGBT? (com vídeo)

hillary.jpg

É um dos mais recentes vídeos da corrida eleitoral às primárias dos Estados Unidos. O candidato democrata Bernie Sanders, que ganhou as primárias do Estado de New Hampshire a Hillary Clinton, acaba de lançar um vídeo em que defende que é o momento de unir os cidadãos, independente da raça, orientação sexual ou género.

Parlamento contraria veto de Cavaco à adopção e à IVG

Adopção Gay Parentalidade Casais Mesmo SExo.jpg

Tal como esperado, a maioria de Esquerda no Parlamento voltou hoje a votar favoravelmente, e sem quaisquer alterações, o diploma que permite a possibilidade de adopção de crianças aos casais do mesmo sexo e o diploma que revoga as alterações à lei da interrupção voluntária da gravidez.

Vittoria Schisano é a primeira mulher transexual a ser capa de uma Playboy

Vittoria Schisano.jpg

Depois de, em Novembro de 2015, a revista de Hugh Hefner ter anunciado que iria deixar de publicar fotografias de mulheres nuas, a Playboy não deixa de surpreender. Pela primeira vez na sua história, uma mulher transexual é capa de uma das suas revistas. A actriz italiana Vittoria Schisano, de 32 anos, faz a capa deste mês de Fevereiro da Playboy Itália.

Actores de “Coração de Ouro” solidários com os jovens LGBTI alvo de bullying (com vídeo)

Tudo Vai Melhorar Lúcia Moniz.jpg

Lúcia Moniz, Ana Padrão, João Reis, Pedro Hossi, Filipe Vargas, Jani Zhao e Cristóvão Campos foram alguns dos actores da novela “Coração de Ouro” que somaram a sua voz na luta contra o bullying homofóbico e transfóbico.

 

 

Quer legalizar a violação de mulheres. Encontros em vários países (incluindo Portugal) cancelados

roosh v Portugal violação mulheres.png

O norte-americano Daryush Valizadeh, também conhecido por Roosh V. tem uma legião de seguidores na internet através de uma plataforma chamada "The Return Of Kings". Auto-intitula-se misógino e homofóbico e defende “a legalização das violações” de mulheres. Para além de um fórum online o blogger e escritor promove encontros em várias cidades mundiais onde quer ensinar outros homens a “engatar” mulheres. Uma das estratégias passa por reunir grupos de homens em várias partes do mundo para os ensinar a perseguir os fins deste “líder”. Tudo, obviamente, é efectuado em segredo, dado o enquadramento ilegal destas acções.  

 

"Carol" de Todd Haynes: Haverá beleza na solidão? (com vídeo)

Crítica: 4,5 estrelas

carol todd haynes.jpg

O filme “Carol” (2015) de Todd Haynes estreia em Portugal depois de no ano passado ter sido seleccionado para o Festival de Cinema de Cannes, de ter saído da Croisette com o prémio de melhor actriz, entregue a Rooney Mara, de lhe ter sido entregue a Queer Palm e de ser um dos filmes da actual temporada de prémios. Recebeu seis nomeações aos Óscares, cinco para os Golden Globes, nove para os BAFTAs e muitas mais. A realização de Haynes, a fotografia de Edward Lachman, a banda sonora de Carter Burwell e as interpretações de Cate Blanchet e Rooney Mara têm sido bastante elogiadas.

Primeiro abrigo para refugiados homossexuais abre portas na Alemanha

Bandeira-da-Alemanha.png

Abriu em Nuremberga, esta segunda-feira, 1 de Fevereiro, o primeiro abrigo para refugiados homossexuais. A Alemanha decidiu abrir um abrigo para quem se identifique como homossexual, dado o aumento do medo entre pessoas de minorias sexuais que se têm refugiado neste país. 

 

18 entidades pedem fim da discriminação na procriação medicamente assistida

dezanove.jpeg

Dezoito associações e organizações enviaram à Comissão de Saúde da Assembleia da República uma declaração conjunta onde pedem “o fim da exclusão de mulheres solteiras e de casais de mulheres no acesso às técnicas de reprodução assistida que já são actualmente disponibilizadas para outras mulheres em Portugal, promovendo o acesso à saúde e os direitos sexuais e reprodutivos de todas as mulheres”.

Pág. 4/4