Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

MTV premiou rapper homofóbico (com vídeo)

O grupo activista norte-americano GLAAD (Gay & Lesbian Alliance Against Defamation) condenou a escolha da MTV em premiar o rapper Tyler, The Creator na categoria Artista Revelação nos Video Music Awards. A gala de entrega de prémios teve lugar no passado domingo.

 

Herndon Graddick, responsável da GLAAD, declarou: "A MTV deveria educar os telespectadores de que a linguagem anti-gay não tem lugar na indústria da música de hoje. Dado o historial de Tyler, os telespectadores e possíveis patrocinadores deveriam abster-se de apoiar a homofobia. De futuro deviam procurar artistas mais merecedores desse prémio". O discurso de Tyler, após ter recebido o galardão, foi retirado do YouTube por violar os termos e condições do site. Até ao momento não houve qualquer comentário do rapper.

Na música "Yonkers", a dada altura, Tyler canta: "I'm not gay, i just wanna boogie to some marvin/(What you think of hayley williams?)/ F-ck her, wolf haley robbin' 'em/ I'll crash that f-ckin' airplane at that faggot n-gga b.o.b is in/ And stab bruno mars in his goddamn esophagus/ And won't stop until the cops come in".

Numa tradução aproximada, percebe-se a violência da letra: "Eu não sou gay, eu só quero dançar ao som do Marvin [possível referência ao cantor Marvin Gaye]/ (O que é que achas da Hayley Williams [fez um dueto com b.o.b. 'Airplanes']?)/ Que se foda/ Vou fazer cair o avião daquele preto paneleiro b.o.b/ E apunhalar o Bruno Mars no seu maldito esófago/ E não vou parar enquanto a policia não chegar."

 

 

 

3 comentários

Comentar