Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Queer Lisboa 15 - Destaques sexta-feira, 23 de Setembro (com trailers)

No penúltimo dia de Queer Lisboa 15 ainda são muitos os filmes a não perder. Os quatro filmes que compõem a secção Panorama, dos quais destacamos três, podem ser vistos hoje, sexta-feira, 23. "The Advocate for Fagdom" é exibido novamente hoje na Sala 1 às 17h. É mostrado hoje também no Programa de Curtas 3, o último bloco de curtas-metragens que compõem a Secção Competitiva para Melhor Curta-Metragem, cujo o júri é o público.

 

 

19h30 Sala 1

Programa de Curtas 3 - Secção Competitiva para Melhor Curta-Metragem

"Frozen Roads" (Canadá, 2010, 18'), de Mark Pariselli, ficção, versão original inglesa, sem legendas.

Balthazar tem sido amigo dos irmãos Cristian e Lyla desde a infância. O trio depara-se com as questões da adolescência num meio rural e conservador no Canadá.

 

"La Ducha" (Chile, 2010, 10'), de Maria José San Martín, ficção, versão original castelhana, legendada em inglês.

Elisa conseguiu trabalho fora do país e Manuela, com quem vive há já cinco anos, decidiu não acompanhá-la. Incapazes de dizerem adeus, passam a última manhã juntas refugiadas debaixo da água do duche.

 

"Me Siento Culpable" (Espanha, 2011, 11'), de Roberto Castón, ficção, versão original castelhana, legendada em inglês.

Três personagens que têm diferentes línguas, experiências e sexualidades. E três origens de desejo, todas elas intensas. Porém, apenas um sentimento é possível: a culpa.

 

"AWOL" (EUA, 2010, 14'), de Deb Shoval, ficção, versão original inglesa, sem legendas.

Prestes a partir para o Afeganistão em missão militar, Joey parece ter outros planos para si e para a sua companheira, Rayna.

 

"Brussels" (Chile, EUA, 2010, 11'), de Omar Zúñiga Hidalgo, ficção, versão original inglesa e francesa, legendada em inglês.

O reencontro difícil entre um pai e um filho, numa relação que parece marcada pelas falhas de comunicação que existe entre os dois

 

"Vibratum Vitae" (Portugal, 2011, 11'), de Pedro Barão, ficção, versão original portuguesa, legendada em inglês.

A atravessar uma depressão medicada, Santiago, um pianista em bloqueio criativo, trava uma luta interior que divide o seu amor pela música e por Afonso, o seu companheiro.

 

 

22h Sala 1

Panorama

"Contracorriente" (Peru, Colômbia, 2009, 100'), de Javier Fuentes-Léon, longa-metragem de ficção, versão original castelhana, legendada em inglês.

Miguel, um bonito e jovem pescador, e a sua noiva Mariela estão prestes a celebrar o nascimento do seu primeiro filho. Mas Miguel possui um segredo: está apaixonado por Santiago, um pintor que é ostracizado devido à sua homossexualidade.

 

 


24h Sala 1

Noites Hard

"Boys In The Sand" (EUA, 1971, 74'), de Wakefield Poole, longa-metragem de ficção, sem diálogos.

Um dos mais influentes filmes gay do início da décade de 1970, "Boys In The Sand" foi uma referência fundamental na representação explícita do sexo gay. Com Casey Donovan, o filme foi rodado na idílica Fire Island.

 

19h Sala 3

Panorama

"Tijereto" (Colômbia, 2011, 21'), de Camila Jiménez Villa, curta-metragem de ficção, versão original castelhana, legendada em inglês.

Natalia e Daniel viajam para uma ilha do Caribe para passar um fim-de-semana romântico. Uma vez chegados a Tijereto, têm de partilhar casa com Marlon, um escritor que reside na ilha há seis meses.

 

"Tierra Madre" (México, 2010, 62'), de Dylan Verrechia, longa-metragem de ficção, versão original castelhana, legendada em inglês.

Este filme é baseado na vida real de Aidee Gonzalez, uma mulher determinada em criar os seus filhos junto da sua companheira, vivendo nas cidades fronteiriças de Tecate e Tijuana. O filme é um tributo à força, independência e solidariedade entre mulheres de todas as idades.

 

 

21h30 Sala 3

"Becoming Chaz" (EUA, 2010, 88'), de Fenton Bailey, Randy Barbato, versão original inglesa, sem legendas, Secção Competitiva para Melhor Documentário.

Documentário que acompanha o processo físico e psicológico de transição de Chaz Bono, nascido Chastity, filho de Sonny Bono e Cher. Temos a oportunidade de acompanhar a carreira de Chaz, as suas causas activistas e a sua vida familiar, neste momento de particular vulnerabilidade.

 

 

Luís Veríssimo

 

 

Já segues o deanove no Facebook?