Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

O Android sabe se o seu filho é gay

A pensar nos pais que não conversam com os seus filhos ou filhos que não revelam aos pais a sua orientação sexual, o sistema Android disponibilizou uma aplicação que pretende, com algumas perguntas, tornar a orientação sexual em algo mensurável. E isto  por apenas 1,99 euros e desde que se tenha um smartphone.

A aplicação “Mon fils est-il gay?” (O meu filho é gay?) foi desenvolvida pelos franceses da empresa Emmene Moi e baseia-se em 20 perguntas a que se responde meramente sim ou não:

 

- Ele gosta de se vestir bem?

- Dá importância às roupas e às marcas?

- Ele gosta de futebol?

- Antes do seu filho nascer, desejou que fosse uma rapariga?

- Alguma vez participou numa luta?

- Lê revistas desportivas?

- Tem um melhor amigo?

- Gosta de desportos de equipa?

- Ele é modesto?

- Ele gosta de divas da música?

- Passa muito tempo na casa de banho?

- Ele tem piercings no nariz, língua ou orelha?

- Ele gasta muito tempo a preparar-se antes de ser visto em público?

- Alguma vez se questionou sobre a orientação sexual do seu filho?

- Você é divorciado?

- Ele gosta de comédias musicais?

- Alguma vez lhe apresentou uma namorada?

- É muito autoritário com o seu filho?

- Na família, o pai está ausente?

- Quando era criança, o seu filho era tímido?

- Ele tem uma relação próxima com o pai?

 

Os criadores têm sido alvo de críticas que os acusam de homofobia ao que os mesmos contrapõem que a aplicação "não é baseada em estudos científicos e pretende, através do humor, ajudar os pais a aceitar a homossexualidade dos filhos". E justificam-se com a resposta automática da aplicação “O meu filho é gay?” caso o resultado dê positivo: "Não precisa de pensar mais! Ele é gay! Aceite-o!". 

Neste momento corre na internet uma petição com mais de 36 mil assinaturas a pedir a que a aplicação seja suspensa.

 

Já segues o dezanove no Facebook?

 

 

1 comentário

Comentar