Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Dia da Memória Trans assinalado com actividades em Lisboa

Assinala-se a  20 de Novembro o Dia da Memória Trans (Transgender Day of Remembrance - TDoR) que existe para relembrar as pessoas assassinadas devido a transfobia e aquelas pessoas que são vítimas de ódio ou desconsideração pela sua identidade de género.

 

O dia começou a ser assinalado em 1998, depois de Gwendolyn Ann Smith, uma activista e designer gráfica transgénero, ter decidido homenagear Rita Hester (na foto) que fora assassinada com várias punhaladas nesse ano. Gwendolyn criou então um site chamado "Remembering Our Dead" que tenta listar todas as pessoas vítimas de transfobia, à falta de maior visibilidade por parte dos média. Gradualmente a data tem vindo a ganhar importância internacional. Em 2010 ocorreram acções em cerca de 185 cidades espalhadas por mais de  20 países.

 

Tradicionalmente nesta data costumam realizar-se vigílias em que se lamentam e recordam os nomes das pessoas que perderam a vida nesse ano ou actividades culturais que alertam a consciência pública sobre crimes de ódio contra as pessoas transgénero e sensibilizam a sociedade para as vivências destas pessoas. Em média, mais de uma pessoa por mês morre devido a transfobia ou preconceito e vários são os casos com contornos macabros, mas nem todos são noticiados. Os casos de Gisberta em Portugal ou de Sonia Rescalvo em Espanha são apenas dois de vários que mereceram cobertura mediática na Península Ibérica.

 

13 anos depois do primeiro TDoR, em Portugal a data é assinalada por um ciclo de três dias intitulado "Dias da Memória Trans" que vai começar no Centro LGBT, em Lisboa, na próxima quinta-feira. A organização está a cargo do GRIT - Grupo de Reflexão e Intervenção sobre Transexualidade da Associação ILGA Portugal, em colaboração com a rede ex aequo.

 

Sempre às 21 horas o ciclo inclui nos dois primeiros dias a projecção de dois filmes de temática trans (Soldier's Girl e Southern Comfort ) e no Sábado uma tertúlia com diferentes testemunhos e experiências de vida subordinada ao tema “Sim! Somos Pessoas!”.

 

 Vídeo de 2008 da Fundação pelos Direitos Humanos (HRC)

 

Já segues o dezanove no Facebook?