Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Menina de 10 anos suicida-se devido ao bullying

Ashlynn Conner suicidou-se no passado dia 11 de Novembro no estado de Illionois, nos EUA devido a bullying.

 

A menina de apenas 10 anos foi alvo de bullying constante durante vários anos. À mãe a menina chegou a confessar que na escola lhe chamavam “gorda”, “feia”, “puta” e a prima de Ashlynn sabia que a acusavam de se comportar como um “rapaz”.

A mãe, que planeava ter uma reunião com o director da escola na semana seguinte, confirmou saber da existência dos episódios de bullying, mas não imaginou que a filha se fosse suicidar: “Na escola chamaram-na de puta e ela veio para casa e não sabia o que a palavra queria dizer,” disse Stacy Conner. “Eu não lhe disse o que a palavra significava. Ela era demasiado jovem para saber o significado.”

 

Ashlynn foi encontrada morta pela irmã de apenas 14 anos. A avó da jovem declarou que o abuso se intensificou após a jovem ter cortado o cabelo muito curto e começar a participar numa claque de cheerleaders para jogos de futebol.

O xerife local disse que a investigação irá ainda contemplar se a menina terá sido alvo de bullying via e-mail, sms ou Twitter. Outro agente local informou que aquela região tinha medidas tolerância zero anti-bullying, mas que irão reexaminar os procedimentos e deixa uma chamada de atenção: “este é um alerta para pais e para todos nós,” comentou.

 

A tia de Ashlynn, Kim Wright, disse à estação ABC News: “Se ela conseguir evitar que uma criança seja maltrada, se um bully [agressor] ler esta mensagem e perceber que não vai fazer outra criança fazer sentir-se igual a ela, então a Ashlynn conseguiu alcançar o seu objectivo.”

 

A mãe de Ashlynn recorda-a como uma filha sorridente, com uma vontade de ajudar os outros, e informou que três dos seus órgãos foram doados e ajudaram a salvar outras vidas.

 

Créditos vídeo: ABC News

 

Já segues o dezanove no Facebook?