Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Metro de Lisboa rejeita campanha do Manhunt por ser de “teor sexual”

O Metro de Lisboa não autoriza publicidade a um novo serviço do Manhunt para telemóveis, que consiste na localização de perfis através da distância dos utilizadores. A denúncia, publicada na Time Out Lisboa, foi confirmada ao dezanove por Iuri Vilar, representante em Portugal da rede social de encontros entre homens. “Isto é discriminação sexual ao mais alto nível. Portugal foi o único país do mundo que viu esta campanha rejeitada. A mesma campanha está em vários suportes na Broadway”, diz.

 O Manhunt contactou a empresa MOP (Multimedia Outdoors Portugal), responsável pela publicidade no Metro de Lisboa, para comprar espaço em alguns mupis. O primeiro cartaz foi recusado “porque os dois homens sem t-shirt estavam em pose aproximada de um beijo”. O responsável da marca em Portugal propôs em alternativa uma imagem em que dois homens “com t-shirt” estão a “zero metros de distância”.  A MOP respondeu então que “os temas de teor sexual, não estão autorizados nas redes. O Metro de Lisboa não autoriza a afixação”.

 

 

 

 

“Esta é a segunda vez que nos negam as artes finais e que inclusivamente já estão pagas”, declara Iuri Vilar. “Não percebo então é como que imagens do David Beckham em roupa interior ou das miúdas anorécticas da Triumph possam estar no Metro”, acusa. Iuri Vilar garante que já estão a ser tomadas medidas legais em relação a este caso.

 

Já segues o dezanove no Facebook?

 

 

18 comentários

Comentar

Pág. 1/2