Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

“Beijaço” reuniu dezenas de pessoas no Metro de Lisboa contra a discriminação (com vídeo)

Várias pessoas juntaram-se esta sexta-feira ao fim da tarde na estação de metro da Baixa-Chiado, em Lisboa, para trocarem beijos contra o repúdio pela recusa da publicidade da rede social gay Manhunt nos espaços publicitários daquela rede de transportes.

 

Os organizadores da mobilização espontânea, designada por beijaços a metro, consideram a posição do Metro de Lisboa “homofóbica e heterossexista” e entregaram um manifesto onde se podia ler que o “argumento usado para recusar a campanha publicitária onde se exiba dois homens em envolvimento afectivo foi de que esta poderia ferir susceptibilidades nos utentes do metro. Com este argumento esquecem que as pessoas LGBT também fazem parte do metro”. No mesmo manifesto pode ler-se que “é na diversidade humana e no cruzar destas mesmas diversidades que o ser pessoa se enriquece social, política, cultural e até mesmo sexualmente”.

 

Iuri Vilar, responsável pela rede social Manhunt em Portugal, disse ao dezanove.pt que “é bom que o metro veja que dois homens ou duas mulheres a darem um beijo não fere a susceptibilidade”. O responsável apontou o facto de o casamento entre pessoas do mesmo sexo ser uma realidade há dois anos e “ainda não se vê pessoas do mesmo sexo a beijarem-se, abraçarem-se ou a trocarem carinhos na rua.”

 

 

Créditos do vídeo: esquerda.net

 

Créditos do vídeo: Paulete Matos

 

Vê como o dezanove acompanhou em tempo real a iniciativa "flash mob beijoqueira" no Facebook

 

16 comentários

Comentar