Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Queer Lisboa vai estar todos os meses no Nimas (com vídeo)

A partir de quinta-feira, 23 de Fevereiro, o Queer Lisboa vai estar presente todos os meses no agora Espaço Nimas. O carismático cinema da Avenida 5 de Outubro em Lisboa tem sido nos últimos tempos alvo de uma revitalização pela mão da Associação Il Sorpasso. Esta associação estabeleceu uma parceria "num novo e criativo conceito de partilha de conteúdos ao qual se associaram várias organizações do panorama cultural português", como a Apordoc, associação responsável pelo DocLisboa, ou o festival MOTELx.

 

Amanhã, quinta-feira, às 21h30 pode ser visto o filme "Efeitos Secundários" (2009) de Paulo Rebelo. A história desenrola-se em torno do preconceito do vírus VIH/SIDA e fala-nos de amor e esperança. Laura (Maria João Luís), uma cabeleireira viúva de 45 anos, leva uma vida vazia num subúrbio perto do mar. Os filhos, já adultos, estão cada vez mais ausentes. Na sua solidão Laura dedica-se aos animais vadios. A vida de Laura vai ser virada do avesso quando acolhe Carmo (Rita Martins), uma jovem seropositiva rebelde, que não tem onde ficar. Juntas vão ter de lutar contra a discriminação e a intolerância do pequeno bairro. Um novo revés acontece quando Laura conhece Rui (Nuno Lopes), um pescador muito mais novo, por quem se apaixona. Carmo transforma-se num obstáculo para a sua felicidade. Agora, é ela que, ao ver ameaçado o seu lugar, se insurge contra Laura.

 

"Efeitos Secundários" é a primeira longa-metragem de Paulo Rebelo, colaborador de João Pedro Rodrigues em "Fantasma" (2000) e "Odete" (2005). A seguir à exibição do filme, tem lugar uma conversa com a presença do realizador, Maria José Campos (CheckpointLX), Margarida Moz (investigadora em Antropologia) e membros do elenco do filme. Os bilhetes custam 4 euros.

 

Luís Veríssimo