Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Como são as práticas transgressoras representadas no cinema? Évora vai descobrir

Sete perguntas: Como  fala o cinema hoje das sexualidades? E das homossexualidades? E das transexualidades? Como são as práticas transgressoras representadas no cinema? Que papel tem o documentário na disseminação de temas e na manutenção de tabus? Que lugar têm nas práticas performativas as sexualidades? Como encaramos hoje o pornográfico, o obsceno e o erótico, sobretudo quando se cruzam com os territórios da criação artística?

 

Uma resposta: “É o que queremos tratar neste ciclo Outros Cinemas: Sexualidades” responde a Colecção B, uma associação Cultural  nascida em 2000 com o objectivo de promover a cultura e a arte contemporânea no Alentejo.

Pela primeira vez em Évora o tema LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros) vai assumir a forma da Sétima Arte em formato ciclo de cinema que vai decorrer a partir desta sexta-feira, dia 9 de Março no Auditório Soror Mariana. Há películas a começar na década de 60 e a terminar em 2004. A iniciativa cultural conta ainda com um programa de documentários, performances, debates, encontros com objectivo de formação e sensibilização de públicos.

Este será o primeiro de quatro ciclos previstos. Os três restantes estão marcados para Maio, Julho e Setembro. Maio com a temática "Limites, tabus e fetiches", Julho "Sexualidade na Arte" e Setembro "Feminismos".

 

Programa:

9 de Março

As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant (Rainer Werner Fassbinder, 1972), 18h

Wild Side (Sebastien Lifshitz, 2004), 21h30

Funeral Parede Of Roses (Toshio Matsumoto, 1969), 00h

 

10 de Março

Velvet Goldmine (Todd Haynes, 1998), 18h

Pink Narcissus (James Bidgood, 1971), 21h30

Sebastiane (Derek Jarman, 1976), 00h

 

11 de Março

The Celluloid Closet - O Cinema no Armário (Rob Epstein & Jeffrey Friedman, 1995), 18h

+

Mesa redonda em torno da temática das sexualidades com: Alentejo de Diversidades, rede ex aequo e Beja Diversidades.

 

Ingressos: a começar nos 2,50€ para sócios cineclube (sessões da tarde), 3,50€ nas sessões da noite. Não sócios acresce 50 cêntimos. Passe ciclo: 10€

 

 


 

 

 

Já segues o dezanove no Facebook?

1 comentário

Comentar