Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Já pesquisaste por “Santorum” no Google hoje?

Não confundir com Rodrigo Santoro. Trata-se do termo “santorum” e foi a estratégia que o activista Dan Savage, autor da campanha It Gets Better - que pretende conferir auto-estima aos jovens LGBT – encontrou para associar o apelido do ex-senador Rick Santorum a uma nova definição.

O caso remonta a 2003 quando o antigo senador do estado norte-americano da Pensilvânia proferiu um discurso homofóbico associando os actos homossexuais a uma série de termos: “Se o Supremo Tribunal permitir actos sexuais [homossexuais] dentro de portas, então teremos direito à sodomia, à poligamia, ao incesto e ao adultério. Passaremos a ter direito a tudo”. O discurso inflamou a ira dos activistas dos direitos LGBT e em contra-resposta, e devido à falta de um pedido de desculpas por parte de Santorum, Savage decidiu lançar um concurso para dar uma nova definição ao apelido do senador. A escolha recaiu em "mistura de lubrificante com matéria fecal que por vezes é resultado da prática de sexo anal”. Para tal criou o site spreadingsantorum.com para que a nova definição lhe passasse a ser associada nas pesquisas da Internet: "Não há outra forma melhor do que salvar para memória futura o escândalo de Santorum do que associar o seu nome a um acto sexual que provoque a queda dos dentes brancos daquela cabeça oca”

O facto é que devido à adesão massiva a esta acção, raras são pesquisas na net que não devolvem o termo “santorum” associado ao vestígio excrementício.

Há dois anos Savage ofereceu-se para desactivar o site caso o senador doasse cinco milhões de dólares para a ONG Freedom to Marry, que impulsiona o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Em 2011, o senador solicitou ao Google que retirasse as entradas associadas à definição entretanto criada ao seu nome. O maior motor de busca do mundo recusou por apenas ter esse procedimento em circunstâncias excepcionais, como em situações ilegais ou que fossem contra os termos de utilização.

Mas porque razão se fala agora de Rick Santorum? Até ontem o ex-senador era um dos candidatos do Partido Republicano na corrida para ser o eleito e defrontar o candidato Barack Obama nas próximas eleições presidenciais marcadas para 6 de Novembro nos EUA. Por razões familiares relacionadas com o estado de saúde de uma das filhas abdicou da candidatura. Santorum, o candidato, ocupava o segundo lugar no ranking dos republicanos, liderado por Mitt Romney, o agora mais que provável opositor de Obama. Santorum, o vestígio, continua a pairar na Internet.

 

Já segues o dezanove no Facebook?