Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Vila Real vai ter um lugar seguro para a comunidade LGBT

Chama-se Shelter LGBT e pode traduzir-se uma iniciativa que pretende criar um lugar seguro para o diálogo e para o estabelecimento de amizades entre a comunidade lésbica, gay, bissexual e transgénero em Vila Real.

O projecto está a ser levado a cabo por jovens universitários da Universidade de Trás-os-Montes (UTAD) e nasceu da necessidade de reduzir o isolamento da comunidade LGBT. Raul Ribeiro, fundador do grupo, vai iniciar as reuniões já esta segunda-feira dia 30 de Abril às 21h30. Ao seu lado está Tânia Azevedo de 21 anos, a melhor amiga de Raul que o apoia incondicionalmente. Da equipa de voluntários fazem ainda parte Daniela Cruz e a Tatiana Silva. Todos frequentam a Licenciatura em Biologia na UTAD.

 

“Vila Real acolhe centenas de alunos que caem aqui de paraquedas e passam demasiado tempo sozinhos o que pode vir a trazer problemas. Todos temos consciência que quem pertence à comunidade LGBT passa por fases menos agradáveis.” diz Raul de 20 anos.

Raul confessa ser ele próprio alvo constante de “comentários de cariz homofóbico.” Foi uma das “principais razões para o avançar deste projecto” comentou ao dezanove.pt.

 

O grupo quer tentar “diminuir a homofobia existente nesta minúscula cidade, e acima de tudo tentaremos ser o apoio que muitos jovens necessitam. Temos em mente começar em breve algumas tertúlias” e depois “entrar nas escolas da região, toda a gente é bem-vinda e contamos com o apoio de todas as pessoas"partilha Raul.

 

Os responsáveis do grupo têm uma página aberta no Facebook onde estabelecem contacto com os membros, distribuíram 2000 panfletos pela cidade e divulgaram o este projecto junto de várias associações e instituições. De lado não está a participação na próxima Marcha do Orgulho LGBT no Porto. Esta é a primeira iniciativa LGBT na cidade desde a extinção do grupo local de jovens da associação rede ex aequo em 2005.

 

Já segues o dezanove no Facebook?