Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Novo presidente de França quer casamento em 2013

François Hollande, que acabou de ser eleito presidente de França, defendeu durante a campanha eleitoral que o casamento entre pessoas do mesmo sexo devia ser aprovado "o mais tardar, até à Primavera de 2013". A declaração foi feita em entrevista à revista gay "Têtu".

 

"Porquê esta data? Porque os primeiros meses da sessão parlamentar serão dedicados principalmente ao planeamento financeiro, por isso prefiro ser honesto: se queremos um bom debate, o melhor é que possa começar a fazer no início de 2013. A Primavera é um bom momento para casar", declarou o então candidato do Partido Socialista Francês.

Para esta votação, Hollande precisa, principalmente, dos votos favoráveis da ala esquerda da Assembleia Nacional que será eleita das próximas eleições legislativas. Já sobre a procriação medicamente assistida a casais de lésbicas, o novo presidente de França disse na mesma entrevista estar a "favor", "mas tendo em conta as condições de idade e respeitando o anonimato do dador de sémen. No entanto, estou contra as mães de aluguer, da mercantilização do corpo", salvaguardou.

A propósito da situação da população trans referiu que estava a par "dos seus problemas". "Os suicídios que se geram neste colectivo geram-me muita angústia. Estou a favor da mudança de identidade no bilhete de identidade quando ocorre uma mudança de sexo". Sobre o combate à homofobia foi peremptório: "É preciso começar na escola, porque é esse o momento que marca muitas pessoas homossexuais durante toda a sua vida, por causa da humilhação, do desprezo e das concepções erradas". François Hollande foi eleito à segunda volta, contra Sarkozy, obtendo 52,4 por cento dos votos.