Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

A resposta do Trumps ao jornal Sol

A resposta da discoteca Trumps a uma jornalista do semanário Sol transformou-se num sucesso viral. A história, divulgada há apenas duas horas na página oficial do Facebook do Trumps, já foi partilhada mais de 200 vezes nesta rede social e foi replicada em vários blogues.

O Trumps recebeu a seguinte mensagem da jornalista Rita Osório: "Boa noite, Sou jornalista do Semanário Sol e estou a fazer um artigo sobre a morte da Donna Summer. Gostaria, se possível, que me explicassem porque é que ela é considerada um ícone gay e de saber em que medida a música dela influenciou a vossa discoteca. Aguardo resposta. Obrigada." Resposta do Trumps: "Pergunte ao seu director que é a pessoa que melhor sabe analisar o fenómeno gay no mundo inteiro a começar na Fnac do Chiado."  Recorde-se que José António Saraiva escreveu uma crónica intitulada "Homossexuais Contestatários", que tinha como ponto de partida um encontro num elevador da Fnac com "um rapaz dos seus 16 ou 17 anos". "Pelo modo como coloca os pés no chão, cruza as mãos uma sobre a outra e inclina ligeiramente a cabeça, percebo que é gay", relatava o director do semanário.

10 comentários

Comentar