Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Marcha do Porto vai reivindicar parentalidade

A Marcha do Orgulho Lésbico, Gay, Bissexual e Transgénero (LGBT) do Porto, marcada para 10 de Julho vai reivindicar as questões ligadas à parentalidade. João Paulo, um dos organizadores da marcha e fundador do Portugalgay.pt, afirmou hoje à Lusa que, após a promulgação pelo Presidente da República da lei do casamento, a parentalidade é agora a prioridade.

O objectivo, refere o manifesto da marcha, passa pela “a possibilidade de adopção, coadopção e acolhimento de crianças seja alargada para todas as pessoas com condições materiais e efectivas para delas cuidar, educar e proteger”. “Queremos uma sociedade que reconheça a diversidade de modelos familiares com iguais oportunidades perante a lei. Porque a família é uma escolha livre das pessoas, lugar para a partilha de afectos e de vidas em comum e porque o Estado não pode privilegiar nenhum modelo em detrimento de outro", pode também ler-se no manifesto. A marcha tem início marcado na Praça da República e deverá terminar na praça D. João I.