Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Adopção de crianças por casais do mesmo sexo de volta à agenda da JS Lisboa

A Juventude Socialista de Lisboa e a Federação Académica de Lisboa (FAL) querem relançar o tema da adopção por pessoas do mesmo sexo na ordem do dia.

Os "jotas" e estudantes socialistas do ensino superior distribuíram cerca de 2000 panfletos informativos numa campanha de rua junto da população estudantil lisboeta. Alargar a discussão política e social da adopção para todos e com todos é o objectivo da acção que foi complementada com conversas com os destinatários, que segundo os promotores da iniciativa irão construir as próximas gerações.

Em comunicado a JS refere que a adopção por casais do mesmo sexo é um entendida como um “problema de interpretação jurídica por parte dos diversos patamares de decisão na adopção, porque a adopção nos termos da lei em vigor é permitida para todos, somente é interpretada como prejudicial ou abstractamente perigosa para casais do mesmo sexo”.

A JS e a FAL ONESES (Organização Nacional de Estudantes Socialistas do Ensino Superior) acusam o actual governo de atacar os jovens LGBT com políticas erradas e defendem a interpretação correcta da lei da adopção e o que contributo cognitivo e social se sobreponha ao “estereótipo político e cultural”.

Recorde-se que no mês de Fevereiro as propostas de lei que permitiriam a adopção de crianças por casais do mesmo sexo foram chumbadas no Parlamento.

 

Já segues o dezanove no Facebook?

 

1 comentário

Comentar