Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Estudante de 23 anos impedido de doar sangue por ser gay

Os homossexuais e bissexuais masculinos continuam a ser discriminados nas dádivas de sangue, denunciou o Bloco de Esquerda.

Um exemplo desta discriminação ocorreu com um estudante de Medicina de 23 anos que viu a sua dádiva recusada com o argumento de que “a homossexualidade é um critério que exclui a possibilidade de dádiva de sangue”. O homem em causa questionou quanto tempo teria que estar em abstinência sexual
até poder dar sangue tendo-lhe sido respondido que “nunca mais poderia dar sangue porque é homossexual”. O caso passou-se há duas semanas no  Instituto Português do Sangue e da Transplantação em Lisboa.
Recorde-se que em 2010 a Assembleia da República aprovou uma recomendação ao governo para a  “a adopção de medidas que visem combater a actual discriminação dos homossexuais e bissexuais nos serviços de recolha de sangue”.
O Bloco pediu já a intervenção do Ministério da Saúde e da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG).

 

Já segues o dezanove no Facebook?

14 comentários

Comentar