Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Louçã destaca “casamento gay” e procriação medicamente assistida

Francisco Louçã anunciou que ia deixar a liderança do Bloco de Esquerda. Numa mensagem através do Facebook, o coordenador não deixou de apontar algumas das vitórias políticas conseguidas pelo seu partido nos últimos anos, entre elas o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

"Neste tempo, conseguimos algumas vitórias: o princípio da abertura do sigilo bancário e outras medidas contra a corrupção e a evasão fiscal, a redução dos contratos a prazo a um ano (que a direita anulou logo que conseguiu e que o PS passou a rejeitar), a despenalização do aborto, o fim da perseguição criminal aos toxicodependentes, o casamento gay, a protecção das mulheres vítimas de violência doméstica, a carta dos direitos do SNS, o acesso à procriação medicamente assistida, o reconhecimento dos direitos dos filhos dos imigrantes", escreveu Francisco Louçã.

Na mesma carta, o até aqui porta-voz do Bloco propõe "que a nova representação do Bloco seja assegurada por um homem e uma mulher". Apesar de não explicitar nesse documento os sucessores que pretende ver à frente do Bloco, é já público que se trata de João Semedo e Catarina Martins.

As questões LGBT continuam a fazer parte da agenda do Bloco de Esquerda. Os encontros Socialismo 2012, que vão decorrer em Santa Maria da Feira, entre 31 de Agosto e 2 de Setembro, terão entre os vários painéis, assuntos de temática LGBT. Estes encontros são encarados como o momento de rentrée do partido. Paulo Jorge Vieira irá falar sobre "Políticas de cidade e diversidade sexual e de género", enquanto Eduarda Santos e Anabela Rocha serão responsáveis pelo painel "Despatologização trans".