Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

A Carta Aberta que não representa os militares de Abril

Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril, veio a público dizer que a associação não toma partido sobre a questão do casamento entre pessoas do mesmo sexo. O esclarecimento foi feito um dia depois de um grupo que se apresenta como  “militares de Abril” ter anunciado que ia apresentar uma Carta Aberta contra a nova lei. A carta, que terá 25 assinaturas, foi apresentada durante uma conferência de imprensa da Plataforma Cidadania e Casamento, em que esteve presente o general Garcia Leandro.

Para Vasco Gonçalves, “é uma posição que as pessoas devem tomar a título individual”. “Ainda que sejam sócios da associação cerca de 90 por cento dos militares de Abril, há outros militares que têm legitimidade para usar este título. Só nos espantamos é com o facto de alguns envolvidos nesta iniciativa virem agora assumir-se como militares de Abril quando ao longo destes anos têm repudiado de várias maneiras o 25 de Abril, mas agora acharam que era interessante assumirem-se como militares de Abril”. Vasco Gonçalves admite que sócios da associação possam subscrever a carta. “Somos homens e mulheres de liberdade. Cada um é livre de assumir as posições que entenda assumir”.