Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Pridelook rima com Facebook e é a nova rede social para lésbicas

“O Pridelook nasceu da ideia de haver um site estilo Facebook, mas frequentado apenas por lésbicas e mulheres bissexuais onde pudéssemos livremente partilhar tudo o que nos apetecer, sem termos medo que um colega de trabalho, ou um vizinho, ou até mesmo a nossa mãe, visse” explica ao dezanove.pt a fundadora do projecto lançado no final do mês passado.

“Embora existam já algumas lésbicas que se assumem publicamente, infelizmente ainda há muitas atrás do armário. Não têm coragem de contar à família ou de revelar no seu local de trabalho, ora porque sentem vergonha, ora porque é assunto tabu, ou apenas porque sabem que não vão ser aceites, e não querem ter problemas. Hoje em dia toda a gente tem Facebook, e há sempre a probabilidade de termos na nossa lista de amigos algumas pessoas a quem evitamos mostrar quem somos”. “Às vezes evitamos publicar certas fotos ou artigos, ou até mesmo pôr um like numa notícia gay, porque temos receio que o amigo A ou B repare e nos venha fazer perguntas” justifica a mesma responsável que prefere não ser identificada.

A rede Pridelook, à qual só se acede mediante convite ou recomendação de utilizadoras já registadas, surge, segundo a fundadora do site, como a “forma que arranjamos de mostrar na Internet, sem medo, sem receio, sem dúvidas, aquilo que realmente somos! É poder sentir orgulho de nós mesmas, ainda que de forma virtual, mas onde não temos de esconder nada. Agregado a isto, a oportunidade de conhecermos e convivermos com pessoas que partilham o nosso orgulho, a nossa forma de amar” remata.

A "webmistress" considera que o sucesso desta rede social permitirá acrescentar, a curto prazo, novas funcionalidades ao site e melhorar a aplicação para telemóveis.

 

Já segues o dezanove também no Facebook?

 

11 comentários

Comentar