Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Testemunhos de portuguesas obrigadas a ir a Espanha para engravidarem (com vídeo)

Impedidas por lei de terem filhos em comum, há cada vez mais lésbicas portuguesas a atravessar a fronteira para engravidar por inseminação artificial. Foi este o ponto de partida da reportagem conjunta da Visão e da SIC que deu a conhecer, esta quinta-feira, a realidade de dois casais de lésbicas portuguesas.

 

Recorde-se que esta situação mantém-se porque no início do ano o Parlamento chumbou as propostas do Bloco de Esquerda e de um grupo de deputados do PS que pretendiam alargar o acesso das mulheres solteiras e de casais homossexuais à procriação medicamente assistida (PMA).

O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) considerou, num parecer, que o Estado tem de apresentar "razões de peso" se quiser impedir PMA a homossexuais. O parecer exige que o legislador fundamente a diferença de tratamento em relação aos casais de pessoas do mesmo sexo uma vez que já se podem casar.

O presidente da Associação Portuguesa de Bioética (APB), Rui Nunes, também já veio criticar a actual lei: "Há alguma coisa que não é coerente quando se diz que estas pessoas podem casar, mas não podem ter acesso às técnicas que, no fundo, concretizam aquele casamento ou aquela relação".