Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

O que tem a noite de Santo António de especial? (com vídeo)

manhãdestoantónio.jpg

"O baile em que dançam todos/ Alguém fica sem dançar. Melhor é não ir ao baile/ Do que estar lá sem estar", Fernando Pessoa. Manda a tradição que no dia 13 de Junho, dia de Santo António, o padroeiro de Lisboa, os namorados ofereçam vasos de manjericos enfeitados com cravos de papel e bandeirolas com quadras populares como prova do seu amor.

A noite de Santo António leva à capital milhares e milhares de pessoas que acorrem a comemorar o santo casamenteiro, ora a ver as Marchas na Avenida, ora nos vários bailaricos espalhados pelos bairros típicos. Quem é que já não se apaixonou numa das suas noites? O pior vem a seguir, na manhã de dia 13, dia em que curiosamente nasceu Fernando Pessoa. A desilusão está lá, o desespero também. A felicidade e a alegria também poderá estar. Mas o que fica dessa noite? Sobretudo, o que fica dessa manhã?
O aclamado realizador João Pedro Rodrigues retratou tudo isto, ou nada disto, em "Manhã de Santo António" (2012). Curta-metragem de ficção com a duração de 25 minutos que passa no Doclisboa'12 amanhã, sexta-feira, 26, às 18h30 no Grande Auditório da Culturgest, e no dia de encerramento, domingo, 28, às 16h45 no Cinema Londres na Sala 1. Um filme a não perder.

Luís Veríssimo