Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Leonardo da Vinci é o gay mais influente da História (de sempre)

O nome de Leonardo da Vinci encabeça uma listagem dos 500 homossexuais mais influentes da História. A lista foi elaborada por um júri escolhido pela revista internacional Mate.

O ranking foi apurado, entre outros objectivos, para reduzir o preconceito contra homossexuais, já que várias figuras proeminentes da História, responsáveis por grandes feitos, eram ou são homossexuais. O multifacetado génio do Renascimento nascido no século XV destacou-se como cientista, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, pintor, escultor, arquitecto, botânico, poeta e músico. Entre as suas obras mais conhecidas estão "Mona Lisa", "A Última Ceia" e o desenho do Homem Vitruviano.

 

O top 10 é o seguinte:

1 - Leonardo da Vinci (mestre do Renascimento)
 

2 - Sócrates (filósofo)
 

3 - Alexandre, o Grande (rei da Macedônia)
 

4 - Stephen Fry (actor)
 

5 - Oscar Wilde (escritor e poeta)
 

6 - Harvey Milk (activista dos direitos LGBT)
 

7 - Peter Tchaikovsky (compositor)
 

8 - Júlio César (líder da Roma Antiga)
 

9 - William Shakespeare (escritor)

10 - Andy Warhol (artista)

 

No mesmo ranking destaque ainda para George Michael (#26), Ruppert Everett (#28), Tom Ford (#32), Elton John (#40), Calvin Klein (#48), Bruce LaBruce (#52), Marc Jacobs (#56), Ricky Martin (#69), Tom of Finland (#71), Pedro Almodóvar (#75), Mika (#131) e Rufus Wainwright (#148). Na listagem não consta nenhum homossexual português.

 


 

Já segues o dezanove no Facebook?

4 comentários

Comentar