Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Príncipes William e Harry apoiam luta contra VIH. David Cameron também junta a sua voz (com vídeo)

Tal como há um ano David Cameron, o primeiro-ministro britânico, deixou uma mensagem de sensibilização para a necessidade que mais tem de ser feito na área da detecção e cuidados do VIH.

 

No Dia Mundial de Luta Contra a Sida, Cameron quis juntar a sua voz àqueles que fazem um esforço notório para que haja uma cada vez maior consciencialização da sida, para que se mude o estigma a que esta se encontra associada e que os seropositivos possam ter uma vida plena, produtiva e feliz.

"Graças ao tratamento eficiente e assistência brilhante do nosso Sistema Nacional de Saúde, um diagnóstico precoce significa uma boa perspectiva para a maioria das pessoas portadoras de VIH no Reino Unido. No entanto, ainda cerca de 25 mil pessoas não sabem que são seropositivas ou não estão a ser tratadas e, por isso, estão a aumentar o risco de transmitir o vírus. Isto significa que cerca de 600 pessoas podem estar a morrer de uma condição que pode ser prevenida e tratada", disse Cameron.

 

 

Uns dias antes tinha sido a vez dos príncipes William e Harry darem o seu testemunho de apoio na luta contra o VIH. Numa carta de ambos os membros da família real britânica, assinalando o 30º aniversário do Terrence Higgins Trust (THT), o organismo pioneiro de pesquisa e prevenção do VIH e apoio aos portadores do vírus no Reino Unido, ambos felicitam o trabalho de caridade desenvolvido pelo centro ao longo das últimas três décadas. Ambos apelaram a que a geração a que pertencem continue a lutar contra a doença: "O THT é um recurso fantástico para o apoio e esclarecimento das matérias relacionadas com o VIH, fazendo com que todos que ali são tratados o sejam com caridade e compreensão. O Terry Higgins fez muito para ajudar muitas outras pessoas e o seu maravilhoso legado inspirou vidas que hoje desenvolvem trabalho no THT. A luta começou há 30 anos. A nossa geração tem de escolher a espada e continuar a lutar. Não há ainda cura ou vacina. No entanto, é possível impedir a propagação do VIH no futuro."

O nome do centro deve-se a Terry Higgins, repórter na Câmara dos Comuns e também barman no mítico bar Heaven. Terry Higgins foi uma das primeiras pessoas a morrer com a infecção aos 37 anos de idade corria o ano de 1982. Os seus amigos e sócios que fundaram o centro quiseram homenageá-lo e humanizar o tratamento da doença acrescentando o nome Trust (confiança) ao nome da instituição. Actualmente mais de 100 mil pessoas são apoiadas pelo THT todos os anos.

Portugal é o terceiro país europeu com mais novos casos da doença. Não existe nem na página oficial do Governo de Portugal nem da Casa Real Portuguesa nenhuma mensagem a assinalar o Dia Mundial de Luta Contra a Sida.

 

Já segues o dezanove no Facebook?