Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Em Barcelona querem curar a homossexualidade

O governo regional catalão abriu uma investigação a uma clínica de Barcelona que se propõe “curar” a homossexualidade. Os responsáveis pela Policlínica Tibidabo estão a oferecer aos seus pacientes medicamentos e tratamentos psiquiátricos para que deixem de ser homossexuais. “Ninguém quer ser homossexual. Se com um comprimido se pudesse mudar a orientação sexual, 99 por cento dos homossexuais fá-lo-ia”, declarou ao El Periódico de Catalunya o psiquiatra Joaquín Muñoz, colaborador da clínica. Muñoz acredita que a homossexualidade é uma doença, prescrevendo medicamentos para diminuir o desejo sexual dos seus pacientes. Quem recorre aos seus serviços são, principalmente, jovens que não conseguem conciliar as suas crenças religiosas e a orientação sexual.


O governo regional pretende concluir a investigação dentro de um mês. Se se provar que o centro médico disponibiliza terapias para mudar a orientação sexual, será multado.”Não existe qualquer evidência científica que suporte que a homossexualidade deva ser tratada como uma doença. Existem é crenças pessoais”, reiterou Marina Geli, Secretária Regional da Saúde.

2 comentários

Comentar