Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Isilda Pegado: "Temos de pensar acima de tudo nos direitos das crianças"

Depois de debater o casamento entre pessoas do mesmo sexo e da lei de identidade de género, o programa "Você na TV" da TVI voltou a abordar mais uma das leis que os signatários da petição "Defender o Futuro" pretendem ver reavaliadas ou revogadas. No programa da TVI da última quinta-feira, foi a vez do tema ser a procriação medicamente assistida.

Isilda Pegado e Abel Matos Santos, defensores da petição de um lado, e do outro, Helena Pinto, do Bloco de Esquerda, foram os intervenientes do debate moderado por Manuel Luís Goucha.

Isilda Pegado defende que não deve haver cidadãos "de primeira e de segunda" e questionou "qual é o cidadão que deseja não ter pai?" ao abrigo desta lei.

A deputada Helena Pinto refere dados do Conselho Nacional de Ética: no último ano nasceram 2000 crianças por métodos de procriação medicamente assistida.

O psicólogo Abel Matos Santos argumenta que dar o direito de dar a uma mulher de ter um filho recorrendo à PMA sem pensar na consequências para as crianças é "puro egoísmo".

Recorde-se que em Janeiro de 2012, as mulheres solteiras e casais homossexuais continuaram fora da PMA, dado que as propostas do BE e de um grupo de deputados do PS foram chumbadas no Parlamento.

Vê ou revê a parte do programa sobre o tema abaixo. Os créditos do vídeo são da página Traveca Like’s 2:

 

 

Já segues o dezanove no Facebook?

11 comentários

Comentar