Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Estas vão ser as marchas do Orgulho LGBT: Coimbra, Porto, Lisboa e Ponta Delgada

Desde o ano passado realizam-se em Portugal quatro marchas do Orgulho LGBT. A cidade mais recente a chegar ao rol foi Ponta Delgada onde, a 1 de Setembro de 2012, pela primeira vez no arquipélago açoriano, uma manifestação do Orgulho LGBT teve lugar. O dia foi considerado histórico e será repetido este ano a 31 de Agosto (Sábado).

Mas ainda antes de Ponta Delgada é a vez de Coimbra, Lisboa e Porto:

Em Coimbra, como é habitual para coincidir com o Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia e Transfobia, a quarta edição da marcha decorrerá a 17 de Maio. O tema escolhido será a cidadania sexual. A PATH – Plataforma Anti Transfobia e Homofobia está a solicitar a colaboração de designers que queiram desenhar o material de divulgação até 14 de Abril. Mais informações aqui.  

Na capital Lisboa, a marcha está agendada para 22 de Junho com início às 17 horas do Príncipe Real. A austeridade que o país atravessa não vai passar ao lado do lema escolhido  "Arco-íris contra a crise". A organização da marcha lançou entretanto um apelo à comunidade criativa nacional e internacional para a elaboração dos materiais de divulgação da marcha, com especial enfoque sobre o cartaz da 14ª edição da Marcha do Orgulho LGBT de Lisboa. As condições e a divulgação do resultado podem ser acedidos aqui.

No Porto, a 8ª edição da Marcha do Orgulho LGBT será no Sábado, 6 de Julho. A primeira Marcha do Orgulho LGBT que decorreu no Porto remonta a 2006. No rescaldo do assassinato de Gisberta Salce Júnior, importava realçar a questão dos Direitos Humanos, aliás tema da marcha desse ano.

 

Estas marchas celebram o orgulho em se ser LGBT por oposição à vergonha e, em simultâneo, assinalam os acontecimentos de resistência à violência homo e transfóbica ocorridos no bar Stonewall Inn, em Nova Iorque, no ano de 1969. O episódio vivido na Christopher Street constitui um marco na luta contra a opressão e um grito de libertação na história das pessoas LGBT.

 

Já segues o dezanove no Facebook?

 

4 comentários

Comentar