Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

O que se passa num bar leather (com vídeos)

É preciso voltar a 1980 e ao mítico filme "Cruising". Protagonizado por Al Pacino, conta a investigação a um assassino em série que ataca homossexuais frequentadores dos bares leather de West Village (Nova Iorque), como o The Eagle's Nest, The Ramrod e The Cock Pit.

O polícia Steve Burns (Al Pacino) é incumbido, dada a sua semelhança física com as vítima, de procurar suspeitos disfarçado de homossexual. O filme acabou por se tornar num retrato da sub-cultura leather de Nova iorque na época pré-sida.

Agora, "Interior. Leather Bar", o novo filme de James Franco (protagonista de "James Dean" e "Milk") e de Travis Mathews, recupera um rumor de que 40 minutos de cenas sado-masoquista gay teriam sido retiradas da versão final de "Cruising" para evitar que fosse catalogado como um filme para maiores de 21 anos. O filme recria precisamente a produção dessas supostas cenas. "Interior. Leather Bar", que integra a selecção oficial do festival de Sundance e a secção Panorama do festival de Berlim, está agora a fazer o percurso dos festivais de cinema gay.