Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

O que fazer a 17 de Maio (de Norte a Sul e Ilhas)

Assinala-se a 17 de Maio o Dia Internacional de Luta contra a Homofobia e Transfobia. Subentende-se ainda na mesma designação o combate a todas as fobias relacionadas com a orientação sexual (bifobia e lesbofobia).

Foi a 17 de Maio de 1990 que a Assembleia Geral da Organização Mundial de Saúde decidiu retirar a homossexualidade da sua lista de doenças mentais. Esta data tornou-se, por essa razão um marco importante na defesa dos direitos LGBT. Um pouco por todo o mundo ocorrem vários eventos cujo objectivo é esclarecer a sociedade em geral e lembrar que estas formas de ódio continuam a matar, a ostracizar e a criar estigmas nesta minoria. Portugal não é excepção. Ao longo do ano chegam às autoridades, aos meios de comunicação social e às associações de defesa dos direitos LGBT relatos de vítimas de homofobia e transfobia. No entanto, um número difícil de quantificar permanece no anonimato.

Nos últimos anos as actividades desenvolvidas em Portugal cresceram em número e em alcance. Em 2010 contabilizaram-se três actividades nacionais e nos últimos dois anos chegou-se a uma dezena.

Fica a par das iniciativas agendadas para 2013:

 

1. TERTÚLIA EM S. ROQUE DO PICO, AÇORES

Às 21 horas a Câmara Municipal de São Roque do Pico vai abrir as portas do Salão Nobre à Associação LGBT Pride Azores para realizar uma tertúlia para que os açorianos possam dar o seu testemunho. Os interessados em participar deverão contactar a associação.

 

2. ÁLBUM ONLINE

A Associação Pride Azores não quer limitar a participação das actividades àqueles que não se possam deslocar à ilha do Pico. A associação refere que quer “incentivar as pessoas”, não interessando a ilha em que vive ou a sexualidade. O convite à participação num álbum online pode ser feito tirando uma fotografia a algo como: colocar uma bandeira da diversidade na janela ou varanda, uma mensagem no Facebook, no trabalho, etc.!

 

3. ABRAÇOS GRÁTIS, LISBOA

A rede ex aequo convida, mais uma vez, a participar na iniciativa Free Hugs (Abraços Grátis) contra a discriminação de lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros que terá lugar num local de Lisboa ainda a informar a partir das 17h30. Para a participação ser mais uniforme pede-se aos interessados que venham vestidos com a cor roxa. A própria associação vende t-shirts dessa cor ao preço de 5 euros. A iniciativa pode ser seguida aqui.

 

4. CAMPANHA DE IMAGENS CONTRA A HOMOFOBIA, BIFOBIA E TRANSFOBIA

A rede ex aequo informa que para além da iniciativa Abraços Grátis existe outra forma de contribuir para a sensibilização deste dia. Basta tirar uma fotografia segurando um papel a dizer, por exemplo: "Eu sou contra a homofobia. E tu?", "Eu sou contra a bifobia. E tu?" ou "Eu sou contra a transfobia. E tu?". As fotos deverão ser remetidas para o endereço da associação: geral@rea.pt

 

5. CONFERÊNCIA DIREITOS IGUAIS: NEM MAIS, NEM MENOS, MOSCAVIDE (LOURES)

A rede ex aequo e o Conselho Nacional da Juventude pretendem trazer à discussão os direitos dos jovens LGBT. A implementação de medidas de protecção contra a homofobia, transfobia, bifobia e o bullying homofóbico e transfóbico em ambiente escolar em Portugal farão parte dos temas abordados. Local: auditório da Direcção Regional de Lisboa do IPDJ, Moscavide, das 09h00 às 16h30. Entrada livre, mas sujeita a inscrição prévia para geral@cnj.pt

 

6. IV MARCHA CONTRA A HOMOFOBIA E TRANSFOBIA, COIMBRA

A Marcha terá início às 17h30 nos Jardins do Mosteiro de Santa Clara, em Coimbra, terminando o seu percurso na Praça 8 de Maio. A Marcha é organizada pela Plataforma Anti-Homofobia e Transfobia (PATH). A PATH é composta por várias organizações não governamentais e pessoas singulares.

A marcha percorre várias ruas da Cidade dos Estudantes e termina na Praça 8 de Maio. Às 18h30 haverá um arraial na Praça do Comércio (Coimbra) e a festa contra a discriminação baseada na orientação sexual e na identidade de género prossegue no Pop Fresh a partir das 23h30. As iniciativas em Coimbra contam com o apoio da Conselheira Local para a Igualdade, Clara Almeida Santos.

 

7. CICLO DE ACÇÕES DE PREVENÇÃO, CONSCIENCIALIZAÇÃO, E INFORMAÇÃO SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E IST ENTRE CASAIS DO MESMO SEXO, LISBOA

Começam a 17 de Maio e só terminam a 18 de Junho. O projecto da Opus Gay tem como embaixadores Eládio Clímaco e Madalena Braz Teixeira (vereadora da CML)

 

8. VÍDEO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE ESTUDANTES DE MEDICINA CONTRA A HOMOFOBIA E A TRANSFOBIA

A Associação Nacional de Estudantes de Medicina vai fazer um vídeo semelhante ao que é reproduzido infra e que foi desenvolvido por estudantes britânicos. A ANEM precisa de jovens que contem a sua história, quer sejam homossexuais, bissexuais ou transgéneros, quer tenham sido vítimas, actores ou espectadores de episódios de bullying. Para participar, contacta a associação de estudantes universitários de medicina pelo endereço saudereprodutiva@anem.pt

 

 

9. APRESENTAÇÃO, DISCUSSÃO E VOTAÇÃO NA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA DAS PROPOSTAS DE LEI

Na Assembleia da República falar-se-à das crianças, dos seus direitos, segurança e protecção. Estará em discussão garantir a possibilidade de co-adopção em casais do mesmo sexo (iniciativa dos deputados Isabel Moreira e Pedro Delgado Alves do PS) e a possibilidade de adopção em casais do mesmo sexo (BE). A data foi escolhida de forma simbólica pelos deputados do PS.

Depois de ter entregue um acção popular contra o Estado Português, a associação ILGA Portugal continua a dar eco deste tema. Neste âmbito, a associação esteve em audiências com representantes dos vários grupos parlamentares presentes na AR para elucidar os deputados.

 

10. PETIÇÃO PELA CRIAÇÃO DO DIA DE COMBATE À HOMOFOBIA

O dezanove.pt continua a recolher assinaturas online de cidadãos portugueses através do site Petição Pública com objectivo de as entregar na Assembleia da República e com as mesmas se conseguir assinalar esta data de forma oficial por parte do Estado e em todo do território português. A começar pelas escolas, mas não deixando de parte nenhum organismo público.

 

11. CONFERÊNCIA NO INSTITUTO DE FORMAÇÃO BANCÁRIA, PORTO

Destinada a alunos e professores a convite deste instituto e promovida pelo Projecto Tudo Vai Melhorar e Associação CASA. Rua Fernandes Tomás, 352-3.º/4.º no Porto.

 

12. DEBATE “BULLYING HOMOFÓBICO – DA PREVENÇÃO À CRIMINALIZAÇÃO?“, PORTO

A realizar na sede da Associação CASA (Rua de Santa Catarina, 1538 Porto). Painel de palestrantes: CASA, APAV, CPDJ, ILGA, JS, JSD e Diogo Caldas Figueira. Às 21h30.

 

13. CAMPANHA "A TUA VOZ CONTRA A HOMOFOBIA/TRANSFOBIA"

Durante todo o dia nas redes sociais e a começar nos primeiros minutos do Dia Internacional de Luta contra a Homofobia e Transfobia. Dinamizada pela CASA/Tudo Vai Melhorar.

 

14. UM CORAÇÃO ROXO NAS REDES SOCIAIS  

É mais uma iniciativa da associação rede ex aequo que quer pintar o Facebook, e outras redes sociais, de roxo. O objectivo é assinalar o Dia Mundial de Luta Contra a Homofobia e a Transfobia e lembrar as pessoas que sofreram violência ou morreram por estas razões. Iniciativa aqui.

 

 

Em actualização… Faz-nos chegar mais iniciativas de combate à homofobia e transfobia em Portugal pelo e-mail: dezanovept@gmail.com

 

1 comentário

Comentar