Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

17 feridos durante a marcha gay da Geórgia

Os opositores da marcha do orgulho LGBT da Geórgia lançaram pedras ao autocarro onde seguiam os representantes das minorias sexuais esta sexta-feira. Apenas com a ajuda da polícia o autocarro conseguiu prosseguir através da multidão furiosa. Numa das artérias principais de Tbilisi, a Avenida Rustaveli, reuniram-se cerca de 10 mil opositores da marcha do orgulho LGBT.

Na véspera o patriarca da Geórgia pediu à Câmara Municipal de Tbilisi que cancelasse esta acção, mas o governo local recusou, afirmando que a marcha é um direito constitucional dos cidadãos.

A primeira tentativa de levar a cabo a marcha do orgulho em Tbilisi aconteceu no ano passado. Participaram entre 20 a 50 pessoas. A primeira edição terminou em confrontos entre os manifestantes e os activistas do movimento radical “União dos Pais Ortodoxos da Geórgia”.

 

Alexandre Iourtchenko

 

Já segues o dezanove no Facebook?