Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Festroia está aí e com muitos filmes LGBT (com vídeos)

Este ano o Festroia regressa ao seu calendário habitual, o início do mês de Junho, mais concretamente de 7 a 16. Nesta sua 29ª edição o festival à beira Sado plantado faz um elogio aos filmes de amor na sua secção especial, que irá mostrar 14 longas-metragens durante os 10 dias do certame. O país homenageado será a Bélgica com 21 longas-metragens e 9 curtas. Jan Decleir receberá o Golfinho de Ouro de carreira. O actor belga conta já com 118 participações desde que a sua carreira começou, em 1971, incluindo longas-metragens, curtas, filmes e séries de televisão. Este ano estarão 47 filmes em competição divididos pela Secção Oficial, Primeiras Obras e Homem e a Natureza.

 

Tal como em anos anteriores haverá filmes de cariz e conteúdo LGBT presentes no Festival. Na secção Filmes de Amor já foi exibido "To Tango Ton Hristougennon" ("Tango de Natal", 2011, Grécia, 102'), de Nikos Koutelidakis.
Um encontro inesperado entre Lazaros Lazarou, de 65 anos, e um jovem, no dia de Natal, vai trazer-lhe à memória recordações escondidas durante anos. Um acampamento do exército em Evros, na Grécia, em 1970, a celebração de um Natal e a sensualidade do tango servem de cenário à vida de quatro pessoas: um soldado introvertido, um ríspido tenente, um coronel e a sua encantadora esposa. Ao discreto soldado caberá ensinar o tenente a dançar o tango, já que este quer estar em forma para convidar a esposa do coronel para uma dança. Será esta a sua oportunidade de lhe confessar o quanto a ama, já que, em breve, contingências militares poderão separá-los.

 

 

"Freier Fall" ("Queda Livre", 2013, Alemanha, 100') de Stephan Lacant, 9 de Junho, domingo, às 00h no Fórum Luísa Todi, Filmes de Amor.
Marc é um homem com a vida organizada: tem pela frente uma carreira na polícia e a namorada está grávida. Mas o imprevisto bate-lhe à porta quando se apaixona por Kay, um jovem agente. Durante os treinos, os sentimentos intensificam-se, agravando-se a situação quando Kay pede para mudar para a unidade de Marc, cada vez mais dividido entre o amor pela namorada, Bettina, e a vertigem de uma experiência completamente nova. Embora fugir com Kay não seja uma opção, Marc também não está preparado para o perder, pelo que, quando ele desaparece sem aviso e sem deixar contactos, Marc percebe o vazio que ficou na sua vida e assume que não pode continuar a tentar agradar a todos e que tem de cumprir, antes de mais, as suas próprias expectativas.

 

 

"Na Kvadrat" ("Quadrangular", 2012, Croácia, 19') de Radoslav Jovanov Gonzo, 11 de Junho, terça-feira, às 15h, Curtos Europeus – Croácia.
Duas raparigas na casa dos 20, Mia e Sara, estão a mudar para um novo apartamento. No meio de tanta caixa, será que o amor entre elas desaparecerá?

 

"Zwei Müetter" ("Duas Mães", 2013, 79') de Anne Zohra Berrached, 12 de Junho, quarta-feira, às 21h30, no Auditório Municipal Charlot, Primeiras Obras.
Katja, de 43 anos, e Isabella, de 37, querem gerar uma criança mas, como muitos casais de lésbicas na Alemanha descobrem, concretizar esse objectivo não é fácil, já que, por razões legais, a maioria das clínicas de fertilidade e dos bancos de esperma não disponibilizam os seus serviços a pares de pessoas do mesmo sexo. Finalmente encontram um médico disposto a ajudá-las, mas as tentativas de fertilização não resultam e, enquanto Katja quer desistir do tratamento, Isabella sofre com o insucesso e por perceber que a situação financeira de ambas está a complicar-se. Isabella descobre, então, que são vendidos kits de auto-inseminação na Internet e decide experimentá-los. Faz ainda uma pesquisa online por potenciais dadores de esperma. O escolhido, que usa o pseudónimo de Go For Gold, tem 31 anos e foi pai de duas dezenas de crianças em três anos...

 


"Bouddhi Bouddha" (2012, França, 8') de Sophie Galibert, 13 de Junho, quinta-feira, às 17h30 no Fórum Luísa Todi, Curtos Europeus – França.
Uma mulher, acabada de regressar de uma viagem ao Nepal, convida uma amiga para ir a sua casa. Falam e, ao fim de um pouco, decidem fazer uma sessão de meditação. Esta irá mudar a sua relação.


"Manhã de Santo António" (2012, Portugal, França, 25') de João Pedro Rodrigues, 15 de Junho, sábado, às 11h no Auditório Municipal Charlot, Short Matters! – III.
A tradição diz que a 13 de Junho, dia de Santo António (feriado municipal em Lisboa), os namorados devem, como prova do seu amor, oferecer pequenos vasos de manjerico com cravos de papel e bandeirinhas com quadras populares.


"Kyss Mig" ("Beija-me", 2011, Suécia, 105') de Alexandra-Therese Keining, 15 de Junho, sábado, às 00h no Fórum Luísa Todi, Filmes de Amor.
Mia e Frida, ambas na casa dos 30, conhecem-se na festa de noivado dos pais, dado que Lasse, o pai de Mia, está prestes a casar com Elisabeth, a mãe de Frida. Há anos sem ver o pai, Mia chega com o namorado, Tim, com o qual está de casamento marcado. Todavia, conforme começa a conhecer melhor Frida, estabelece-se entre ambas um laço cada vez mais forte. Apesar da relutância inicial, Frida e Mia percebem que vão ter de assumir o que sentem, ainda que isso vire do avesso tudo à sua volta.

 

 

"Barry's Bespoke Bakery" ("A Pastelaria de Barry", 2012, Irlanda, 8') de Denis McArdle, 16 de Junho, domingo, às 21h30 no Auditório Municipal Charlot, Curtos Europeus – Irlanda.
Barry's Bespoke Bakery é um mundo pródigo em bolos refinados, propriedade do pasteleiro Barry, no qual tudo tem o seu lugar, à excepção do talentoso funcionário Brian.

 


Luís Veríssimo