Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Wikileaks: Advogado de Manning pede perdão a Obama

Os advogados de Chelsea Manning (até aqui conhecida como Bradley Manning) apresentaram um pedido de perdão ao Presidente Barack Obama na passada terça-feira após a condenação do soldado a 35 anos de cadeia por passar documentos secretos no âmbito do caso Wikileaks.

 

O advogado David Coombs revelou no Twitter: “O pedido de perdão do soldado Manning foi apresentado hoje”. O advogado já tinha revelado que tinha a intenção de apresentar este pedido a 21 de Agosto, o dia em que um juízo militar sentenciou Manning a 35 anos de cadeia por ter revelado documentos secretos incluindo cerca de 700 mil documentos diplomáticos e militares.

Manning, ex-analista de inteligência dos EUA foi processado como homem, mas no dia seguinte pediu para ser reconhecido como mulher: "Como uma transição para esta nova fase da minha vida, quero que todos conheçam o meu verdadeiro eu. Sou Chelsea Manning, sou uma mulher."

A Amnistia Internacional divulgou um comunicado no qual pede a Obama que tenha uma posição complacente em relação a Manning e que lhe garanta o perdão uma vez que a sentença do soldado representa uma mancha na história dos Direitos Humanos dos EUA. “O Presidente Obama deve perdoar Manning e condenar aqueles que cometeram os crimes que Manning divulgou”,declarou a Amnistia Internacional. Esta ONG considera que a sentença de Manning “contrasta com a clemência demonstrada para com os responsáveis pelas torturas e outros violações graves dos Direitos Humanos” descritos nos documentos que Manning tornou públicos.

 

Lúcia Vieira

 

Já segues o dezanove no Facebook?