Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

5 coisas que precisas saber sobre o arranque do Queer Lisboa (com vídeos)

1. Qual o filme de abertura?

O filme de abertura é "Continental", de Malcolm Ingram. O documentário recupera a memória de um local marcado pela luxúria, que transcendeu identidades sexuais e serviu de palco a muitos famosos. Localizado no topo do mítico Hotel Ansonia em Nova Iorque, a sauna Continental assistiu a uma autêntica revolução sexual e cultural, num espaço de tolerância por onde passaram figuras tão díspares como Bette Midler ou Alfred Hitchcock. Passa já esta sexta-feira às 21h, no cinema São Jorge.

  

2. Quem vai decidir os prémios?
 O júri da competição para a Melhor Longa-Metragem é composto por Andrei Rus (jornalista e programador de cinema, Bucareste), Cinta Pelejà (directora do DocLisboa) e Gustavo Vinagre (realizador, São Paulo). No júri de competição para o Melhor Documentário estão Bard Ydén (director do festival Skeive Filmer, Oslo), Cláudia Varejão (realizadora, Lisboa) e Michael Stütz (director do festival Xposed, Berlim). Para avaliar a Melhor Curta-Metragem estão André Teodósio (encenador, Lisboa), António da Silva (realizador, Londres) e Daniel McIntyre (realizador, Toronto). Já o júri da nova competição In My Shorts é composto por Carlos Conceição (realizador, Lisboa) Cosimo Santoro (distribuidor, Itália) e Maria João Mayer (produtora, Lisboa).

 

3. Onde é a festa de abertura?
 Acabada a sessão no Cinema São Jorge, tem lugar no Teatro do Bairro a partir da meia-noite e até às 4h, a Festa de Abertura do Queer Lisboa que contará com uma actuação ao vivo do norte-americano Cazwell (na foto), o rapper assumidamente gay que já colaborou com artistas de renome como Lady Gaga, Amanda Lepore e Peaches. O DJ set estará a cargo de Nuno Galopim. A festa é resultado de uma parceria entre o Queer Lisboa, o CheckpointLX, Joaquim Pinto, realizador do filme E agora? Lembra-me e Nuno Leonel. A entrada terá um custo de 5 euros.

 

4. Mas quem é esse Cazwell?
 O dezanove.pt vem escrito com frequência sobre este artista que costuma ser descrito como um dos expoentes americanos do homo-hop ou gay hip-hop, ou não fosse dos poucos artistas de hip hop a declarar-se homossexual. Pesquisa aqui.

 

5. E o famoso filme de promoção do Queer Lisboa?
 Mais uma vez, a Fuel foi a agência responsável pelo anúncio de divulgação do Queer Lisboa. Desta vez o mote são os discursos de guerra.