Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Líder da JSD quer referendo à adopção e co-adopção a coincidir com as eleições europeias

Hugo Soares, o líder da JSD que propôs um referendo à adopção e à co-adopção por parte de casais de pessoas do mesmo sexo, pretende que o mesmo se realize aquando das eleições europeias, a 25 de Maio de 2014. "Uma das formas de combater a abstenção é colocarmos o referendo no dia das eleições europeias. É uma das hipóteses, até para minorar os custos", disse em entrevista do Diário de Notícias.

Apesar de referir que a proposta do referendo não deve ser encarada como "uma manobra de diversão" refere que esta "não é uma matéria prioritária para a sociedade civil. Os portugueses estão preocupados com o desemprego, cortes salariais e outras dificuldades", considerou Hugo Soares.
Recorde-se que o projecto da co-adopção do PS tinha já sido aprovado em Maio, desceu à comissão de especialidade e voltaria agora a plenário para a votação final. No entanto, a maioria PSD/CDS-PP na comissão de Assuntos Constitucionais aprovou esta quarta-feira um requerimento para adiar a discussão e votação do projecto de lei do PS. Votaram contra os deputados do PS, PCP e BE.
Hugo Soares propõe duas perguntas no referendo: "Concorda que o cônjuge ou unido de facto do mesmo sexo possa adoptar o filho do seu cônjuge ou unido de facto?" e "Concorda com a adopção por casais, casados ou unidos de facto, do mesmo sexo?"

1 comentário

Comentar