Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Shakuntala Devi, matemática e pioneira na abordagem da homossexualidade

A mulher que ficou conhecida como “computador humano” faria esta segunda-feira 84 anos. Shakuntala Devi tinha uma capacidade extraordinária para fazer contas, superando inclusive as máquinas de calcular.

A notável matemática foi homenageada esta segunda-feira com um doodle no principal motor de pesquisa do mundo, o Google. O que poucos noticiaram durante o dia de hoje foi que esta mulher, nascida em Bangalore, na Índia, foi a autora do livro “The World of Homosexuals” o primeiro estudo sobre a homossexualidade naquele país. No documentário “For Straights Only” Shakuntala revelou que este interesse pelo tema surgiu depois do seu casamento, porque soube que tinha casado com um homem homossexual e teve o consequente desejo em tentar perceber a homossexualidade.

O seu livro, datado de 1977, foi considerado “pioneiro” por entrevistar homossexuais na Índia, Canadá e até um padre. Na obra esta matemática apelava à descriminalização e plena aceitação – e não à "tolerância" ou "empatia". Estudiosos consideram a obra o princípio da discussão da homossexualidade, embora tenha passado praticamente despercebida na Índia devido à situação cultural do país.